NotíciasÚltimas

Promotora pede arquivamento de denúncia contra Colombo

O ex-governador e candidato ao Senado pela coligação “Aqui é trabalho”, Raimundo Colombo, comentou a decisão de 30 páginas, publicada no último dia 22 de agosto, na qual a promotora Rosemary Machado Silva, da 27a Promotoria de Justiça, pede o arquivamento do inquérito pelo Ministério Público de Santa Catarina sobre o caso da Odebrecht. “Mais uma vitória. Se encerra isso. A gente sempre afirmou que o Estado nunca vendeu nenhuma ação da Casan, nunca teve nenhum negócio com a Odebrecht, nunca fez nenhum pagamento e nenhum contrato. Isso tudo ficou claro agora com a decisão do Ministério Público de SC que mostrou a verdade”, destacou Colombo.
O ex-governador lembrou que tudo isso causou um transtorno muito grande na vida dele. “São momentos muito difíceis na vida. Mais de dois anos que a gente carregou isso com muito sofrimento, mas graças a Deus se encerra essa etapa”.
Raimundo Colombo disse que a decisão reforça a sua crença na Justiça e nas pessoas de bem de que a verdade prevalece sempre. “Acho que Deus não dá uma cruz mais pesada do que a gente pode carregar e tudo isso me ensinou muito e me ajudou a ser uma pessoa ainda mais equilibrada, mais madura. Que Deus ajude que a gente tenha força e possa cada dia vencer os desafios”, salientou Colombo.