Blog do Prisco
Manchete

PSB-SC sob nova direção

Presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, decidiu intervir no diretório estadual de Santa Catarina. Destituiu o colegiado, citando o ex-presidente Ronaldo Freire, ligado a Paulo Bornhausen, e fez acusações e insinuações. Nesta sexta-feira, foram oficializados os sete nomes da nova executiva estadual. Adir Gentil, ex-vereador em Florianópolis, para onde voltou depois de um período atuando em Palmas, no Tocantins, no grupo político do ex-prefeito Carlos Amastha, é o presidente. O primeiro vice é o prefeito de Rio Negrinho, Júlio Ronconi, e o secretário-geral é outro prefeito, Juliano Duarte, de Governador Celso Ramos.

Na primeira e segunda secretárias, duas mulheres. A primeira é esposa de Cleiton Salvaro, primeiro de deputado estadual pelo PSB. A segunda é indicação do segundo suplente de deputado estadual pela sigla, Patrício Destro.

ATIRANDO

No documento intitulado decisão liminar, Siqueira cita “fatos de extrema gravidade” denunciados por um filiado. Ainda no texto subscrito pelo presidente nacional, insinua-se que houve fraude nas datas das desfiliações dos deputados estaduais Bruno Souza e Nazareno Martins. A manobra, acusa Carlos Siqueira, seria para impedir que o partido buscasse na Justiça Eleitoral os mandatos dos dois.

Em sua manifestação, o dirigentes nacional do PSB também assinala que Souza e Martins continuaram atuando em nome do partido na Assembleia Legislativa.

Posts relacionados

É o STF, estúpido!

Redação

Recursos à decisão de Toffoli

Redação

Congresso encara Moro!

Redação