Blog do Prisco
Destaques

PSDB faz convenção histórica em Joinville

Não foi por acaso que o PSDB escolheu Joinville para realizar sua convenção estadual. Será no domingo, dia 29. Os tucanos, assim como o PP, que definirá seu rumo no sábado, 28, já vão fechar a ata. Ao contrário do PSD, que indicou Gelson Merisio ao governo e Raimundo Colombo ao Senado, no sábado, deixando as vagas de vice e a outra à Câmara Alta em aberta.

Voltemos a Joinville. Registre-se que é a primeira vez que um grande partido faz sua convenção estadual na cidade do Norte. Nem mesmo o MDB, quando lançou Pedro Ivo Campos, que era joinvilense, em 1986, praticou tal gesto (registre-se que o PT vai a Blumenau no dia 5 para homologar a candidatura de Décio Lima ao governo. Ele é ex-prefeito da cidade). O MDB também fechou questão em torno de outro joinvilense, Luiz Henrique da Silveira, em 2002 e 2006, mas as convenções foram na Capital.

A intenção do tucanato é valorizar a região Norte. Paulo Bauer, o ainda pré-candidato do partido ao governo, cresceu em Jaraguá do Sul e fez política estudantil na Manchester catarinense. As duas cidades, Jaraguá e Joinville, já foram administradas pelo PSDB. A primeira com Irineu Pasold e a segunda com o hoje deputado federal Marco Tebaldi. Os tucanos atualmente administram Porto União e Araquari, sede da BMW.

Independentemente do fator João Paulo Kleinübing, os tucanos já têm praticamente definida a chapa pura. Teria apenas uma candidatura ao Senado, com Napoleão Bernardes, também ex-prefeito de Blumenau. Paulo Bauer na cabeça e a deputada federal Geovania de Sá de vice. Os tucanos intentam, ao lançar apenas um concorrente à Câmara Alta, garantir o primeiro voto do PSDB e beliscar o segundo de eleitores de outros partidos, potencializando as chances de jovem líder tucano.