Blog do Prisco
Destaques

“Se alguém deve precisa pagar”, alerta Sopelsa.

Na sessão desta terça-feira (12), o deputado Moacir Sopelsa (MDB), destacou
que o atual governador não foi o candidato apoiado por ele na eleição.
Entretanto, desde o início desta legislatura conversou com os colegas
parlamentares para se aconselhar sobre o melhor caminho a seguir diante do
resultado das urnas.

“Desde o primeiro momento sempre votei a favor dos bons projetos e quando
não concordei trabalhei para convencer o governo sobre os pontos a serem
mudados”, aponta.

Sopelsa cita o debate em torno dos defensivos agrícolas, quando o governo
enviou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa propondo o aumento do
ICMS. “Liderei um movimento contrário ao aumento e convencemos o governo que
aumentar o imposto não era a melhor decisão, pois impactaria negativamente
em toda a cadeia produtiva”, resume.

Para o deputado Sopelsa, o momento do governo do estado é muito ruim.
“Infelizmente chegamos a esta situação. Além do combate ao coronavírus,
temos agora todas estas denúncias que vieram a público nos últimos dias”.

O deputado que é membro da CPI dos Respiradores que foi criada para
investigar possíveis irregularidades  na compra de 200 aparelhos por R$ 33
milhões de reais, pagos de forma antecipada, antes do Estado receber os
equipamentos, defende a transparência das investigações. “Quero deixar bem
claro  que as denúncias precisam ser investigadas. Se alguém deve precisa
pagar”, alerta.

Sopelsa diz ter certeza que o trabalho de investigação que já está em
andamento através do GAECO, Polícias Civil e Militar, IGP, Tribunal de
Contas do Estado e a CPI na Assembleia que realizou a primeira reunião
ordinária nesta terça-feira, certamente vai buscar todos os fatos e
apresentar os esclarecimentos que a sociedade está cobrando.

Posts relacionados

Werner Voigt, da WEG, está na UTI

Autor

Napoleão terá 12 partidos aliados em Blumenau

Autor

Fiesc lidera missão no encontro Brasil-Alemanha

Autor