Blog do Prisco
Notícias Últimas

Seminário em Santa Catarina debate simplificação na abertura de empresas

Os avanços e desafios na implantação do SC Bem Mais Simples e o reconhecimento as cidades com políticas públicas que simplificam a abertura de empresas foram destaques durante o Seminário Brasil Mais Simples – etapa Santa Catarina, que durante dois dias, reuniu representantes de Estados e municípios, em Florianópolis.

IMG 0567
Encontro reuniu representantes da SDE, Vigilância Sanitária, IMA, Jucesc, e Corpo de Bombeiros (Foto: Willian Viana/SDE)

Concluído nesta sexta-feira (8), o evento promovido pelo Sebrae/SC e com o apoio do Governo do Estado, debateu as novas diretrizes da Lei de Liberdade Econômica e Desburocratização, MEI digital, próximos passos do governo, representantes dos órgãos licenciadores e fiscalizadores.

“Santa Catarina atua na vanguarda do desenvolvimento com ações integradas e estaduais que facilitam e dão mais segurança jurídica aos negócios, estimulando a criação de empregos”, destaca o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

A diretora de Empreendedorismo e Competitividade da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Letícia Duarte Lemos observa que o objetivo do Estado como um todo é fazer a política pública e orientar os municípios como deve ser feito com a sanção da nova Lei de Liberdade Econômica. “Nossa missão como gestores públicos, é trabalhar para termos competitividade num ambiente mais isonômico possível”, disse.

957ff54f 8f08 4b07 9bea fd08e88c4fcf

Instituído pela lei 17.071, o programa SC Bem Mais Simples funciona em Santa Catarina por meio do Enquadramento Empresarial Simplificado (EES), com base nas informações constantes da autodeclaração dos empreendedores, onde estabelecimentos com baixo potencial poluidor, baixo risco sanitário e pouca complexidade, podem ser abertas de forma simples e ágil. Criado em 2015, vem passando por várias etapas e tem o objetivo de desburocratizar a abertura de empresas, reduzindo o prazo médio de abertura para menos cinco dias úteis.

O presidente da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc), Juliano Chiodelli, contabiliza que o programa já é realidade em 75 cidades catarinenses. “Estamos trabalhando de forma integrada para que, em breve, o Programa esteja funcionando em todos os 295 municípios. Desburocratizar, é preciso. O catarinense tem em seu DNA a veia empreendedora, somos um dos estados que mais constitui empresas e gera empregos”, afirma.

5134f676 4fdf 4014 964b e5103f215541

Para o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Fábio Castagna, “a transformação digital do Instituto vem ao encontro do processo de implantação do SC Bem Mais Simples. Temos em média 18 mil processos por ano de licenciamento ambiental a serem analisados. A expectativa é que com a simplificação possamos nos concentrar na demanda que gera impacto ambiental”, avalia.

Posts relacionados

Servidor de carreira denuncia descaso na SSP

Autor

Governo do Estado tenta retomar negociações com Educação pela via federal

Autor

Lideranças do PT falam em renovação no Estado

Autor