Blog do Prisco
Manchete

Sindiauditoria é solidário aos pedidos de exoneração na CGE/SC e cobra posicionamento do Governo

Toda estrutura de comando da Auditoria Geral da Controladoria-Geral do Estado (CGE/SC) pediu exoneração. O ato faz eco as falhas na organização e gestão do atual controlador-geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira. O Sindiauditoria é solidário com esta decisão e com o pedido de exoneração feito pela controladora-geral adjunta, Simone de Souza Becker. O sindicato espera que o Governo do Estado posicione-se sobre o pedido de afastamento do atual controlador-geral, pedido reiterado em nota publicada nesta última sexta-feira (26).

Assinam o documento de dispensa dos cargos os Auditores Internos do Estado: César Fernando Cavalli – Auditor-Geral do Estado; Aginolfo José Nau Junior – Gerente de Auditoria de Pessoal; Alessandra Barcellos Barros – Gerente de Auditoria de Controle Interno e Gestão de Riscos; Daniela Potrich Oliveira – Gerente de Recursos Antecipados; Eduardo Maciel Bittencourt – Gerente de Auditoria de Licitações e Contratos; Maria Eliane Silva Furlan – Gerente de Auditoria de Contas e Programas de Governo; e Marco Antonio Barbosa Lopes – Coordenador de Informações Estratégicas.

O Sindiauditoria defende que a Controladoria-Geral do Estado existe para proteger os interesses dos catarinenses e que o ocupante do cargo máximo do orgão precisa ser um profissional capacitado e integralmente comprometido com esta missão. Neste momento é preciso tomar uma decisão que devolva a esperança de dias melhores. Somente com uma gestão técnica comandada por um auditor interno de carreira teremos a criação de uma CGE/SC dinâmica e transparente.

Posts relacionados

TRE: Prazos processuais estão suspensos até o dia 30 de abril

Redação

O mergulho de Jorginho Mello

Redação

Buligon garante recursos e fica duas horas com Bolsonaro em Brasília

Redação