Blog do Prisco
Manchete

Só aumenta a insatisfação do secretário Jerry Comper

Deputado atuante e um dos nomes mais reconhecidos por lideranças e pela população por sua atuação firme, presente e corajosa nas enchentes de outubro/novembro em Santa Catarina, o secretário da Infraestrutura e Mobilidade, Jerry Comper, foi surpreendido com a notícia de que o governador Jorginho Mello e o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, acertaram a liberação de mais R$ 631 milhões para investimentos nas rodovias estaduais. Ocorreu nesta terça-feira, durante audiência de comitiva catarinense na Capital Federal.
A primeira parcela já havia sido liberada por Brasília. O pacote faz parte do Programa Estrada Boa, criado para revitalizar e melhorar as condições das SC’s.
Maravilha. Ocorre, contudo, que Comper, além de não ter sido convidado para o ato na Capital Federal sequer foi informado com antecedência sobre os encaminhamentos burocráticos e as rodovias que serão contempladas nesta nova etapa do Estrada Boa.
Importante registrar que o titular da Fazenda, Cleverson Siewert, bem como o adjunto da Infraestrutura, Ricardo Grando, foram a Brasília com o governador.
Se alguém no governo não lembra, Jerry Comper ainda é o titular da Secretaria da Infraestrutura.
O secretário é filiado ao MDB. Deputado de segundo mandato, conquistou a reeleição com mais de 65 mil votos e hoje é um dos nomes em ascensão no Manda Brasa.
Além disso, tem demonstrado muita lealdade ao governador. Sem a contrapartida como estamos observando.
Ao fim e ao cabo, esse tipo de situação só aumenta a insatisfação de Comper e de lideranças do próprio MDB que defendem o desembarque dele e do partido da administração estadual.

foto>divulgação

Posts relacionados

Jorginho, o governo, o partido e a eleição na Alesc

Redação

Jorginho Mello se reúne com o presidente da Assembleia da República de Portugal

Redação

Em Portugal, comitiva catarinense sela acordo de cooperação com o Porto de Sines para fortalecer cadeia logística e de comércio exterior

Redação