Blog do Prisco
Image default
Coluna do dia

Venezuela e SC

Nos últimos dias, a Venezuela tem tido grande espaço no jornalismo brasileiro. Não é para menos. O SCC-SBT, por exemplo, mostrou a situação de imigrantes daquele país que fogem da fome, da perseguição, do desemprego.

É uma questão humanitária, decorrente do sistema ditatorial implantado no país vizinho, que afeta o Brasil. E Santa Catarina, apesar da distância. Pelo  menos 1 mil venezuelanos vieram se refugiar no Estado. Alguns conseguem emprego e vão se estabilizando, mas outros não, até porque não há trabalho nem para os catarinenses e brasileiros, quiçá para refugiados.

Agora o que pesa é a questão humana. Essas pessoas fogem da Venezuela por absoluta falta de condições mínimas de sobrevivência. Nem estamos falando de liberdade, de ideologia. Elas saem de lá porque simplesmente não há o que comer, não existe moradia e remédios básicos sumiram da vida dos venezuelanos.

 

Chocante

As imagens que rodaram o mundo recentemente, mostrando cidadãos atacando o caminhão de lixo na esperança de encontrar algo para comer são aterradoras, inaceitáveis, horríveis.

 

Dieta forçada

Muitos venezuelanos estão vários quilos mais magros. Não porque decidiram praticar esportes ou fazer dieta. É fome mesmo! Até quando o mundo vai aceitar calado esse genocídio?

 

E a ONU?

Não são os Estados Unidos, a nação dominante, quem tem que resolver o caso. É a ONU. Onde está a Organização das Nações Unidas, tão veemente nos discursos? Nicolás Maduro, que apodrece uma nação, precisa ser removido do poder. A qualquer custo. Mas esta iniciativa cabe à ONU, não a um país isoladamente.

 

Bandido

Maduro é um criminoso, ditador que fraudou as mais recentes eleições e provavelmente fraudou outras anteriormente. Ele é o herdeiro de uma das piores figuras que existiram recentemente nas Américas, Hugo Chávez. Foi ele quem implantou essa insanidade em uma nação que há 20 anos era respeitada, próspera e projetava um futuro brilhante, sobretudo em função de suas grandes reservas de petróleo.

 

Silêncio vergonhoso

Mas o mais desumano e vergonhoso disso tudo é o silêncio conivente de intelectuais e esquerdistas brasileiros. Não dão um pio sobre o genocídio que esmaga toda uma nação. Logo eles, tão zelosos dos direitos humanos. É uma esquerda que envergonha o Brasil, sem postura e sem qualquer preocupação humanitária. Para eles, o que vale é a ideologia e as benesses do poder. Ponto.

 

Fruticultura

O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) está em São Joaquim acompanhando a colheita da maça na companhia do presidente da Câmara, vereador Joaquim Borges Junior, o Guga. Apesar da safra promissora este ano, o parlamentar ficou sensibilizado com a preocupação dos produtores com a redução dos incentivos fiscais de muitos insumos.

 

Toneladas

São Joaquim hoje é o maior produtor de maça do Brasil, e a colheita de 2019 deve chegar a aproximadamente 400 mil toneladas. “Sem esse benefício, os produtores terão um aumento no custo de produção da maça que chegará de 17% a 20%, principalmente, devido a inseticidas e fungicidas. Isso vai impactar nos preços que chegarão diretamente ao consumidor. Vamos tentar rever essa situação junto ao Governo do Estado na Assembleia Legislativa”, explica o deputado.

Posts relacionados

Ocaso de Temer

Autor

Resgate histórico

Autor

O acordo Moreira-Berger

Autor