Blog do Prisco
Image default
Notícias

Vicente Caropreso fala sobre a TeleMedicina no Brasil

O deputado Dr.Vicente Caropreso usou a tribuna da Assembleia nesta quarta-feira (6), para anunciar que os médicos brasileiros vão poder realizar consultas on-line, telecirurgias e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento à distância, conforme uma Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM).

A norma, que entra em vigor em maio deste ano, abre portas à integralidade do Sistema Único e Saúde (SUS) para milhões de brasileiros.

O parlamentar explicou que o texto estabelece a Telemedicina como exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa e promoção de saúde, podendo ser realizada em tempo real ou off-line.

O deputado que é médico e em 2017 foi secretário de Estado da Saúde, lembrou que a Telemedicina em Santa Catarina já é realidade e foi uma das prioridades da sua gestão na pasta. Parcerias e convênios foram firmados com universidades e investimentos foram destinados para que a análises de imagens dermatológicas, por exemplo, fossem feitas por especialistas em um tempo muito mais rápido no Estado.

“Um paciente com uma lesão na pele de Campo Erê, por exemplo, era atendido por um médico na Unidade Básica da Saúde que através de uma fotografia de alta resolução discutia o caso com um especialista em Florianópolis. Caso fossem necessários outros exames específicos já seriam solicitados pelo médico especialista. Assim o paciente não precisa se deslocar de uma cidade à outra para consultas médicas e realização de exames” , disse o deputado.

Somente no mês de Junho de 2017, quando Caropreso esteve à frente da secretaria de saúde, o sistema de Telemedicina emitiu mais de 20 mil laudos de exames à distância. A rede de telediagnóstico de Santa Catarina possui 620 pontos de realização de exames distribuídos pelo estado, sendo 335 para exames de eletrocardiograma e 285 pontos de Teledermato.

Foto Divulgação

Posts relacionados

Murilo Flores em encontro no CDL Florianópolis: “vamos trabalhar com metas e transparência”

Autor

Quase três mil processos de execução de pena foram analisados pela Defensoria Pública

Autor

Caropreso defende Bombeiros Voluntários junto ao presidente do STF

Autor