Blog do Prisco
Destaques

Acafe recebe Governo do Estado para discutir projetos para 2024

Com os olhares voltados para o futuro e o desenvolvimento, a Acafe trouxe para sua última reunião de reitores, líderes de pastas importantes do Governo do Estado para discutir projetos e ações onde as instituições comunitárias pertencentes ao sistema podem contribuir com o executivo. A reunião ocorreu nesta terça-feira, 12, e contou com a participação do secretário de Ciência e Tecnologia, Marcelo Fett, a secretária de Estado da Saúde, Carmem Zanotto, presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto, o secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon e o secretário de Estado da Comunicação, João Evaristo Debiasi.

“A Acafe, junto ao governo do estado, irá protagonizar o maior salto em desenvolvimento, tecnologia e inovação de sua história. E isso chega com o programa Universidade Gratuita. Agora é hora de ouvirmos as pastas e colocarmos nossa produção intelectual em prol do Estado”, destacou a presidente da Acafe e reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta.

Em sua fala, Marcelo Fett apresentou um esboço do que é o planejamento da secretaria para os próximos anos e que contará com apoio de diversos agentes da sociedade. “A proposta é ampliar a atuação dos Centros de Inovação transformando-se em verdadeiros hubs de desenvolvimento regionais a partir da parceria da Acafe e especialmente do programa Universidade Gratuita, entregando muito mais valor para a sociedade estimulando o progresso a partir da inovação e reforçar a estratégia de desenvolvimento regional que é um dos pilares do Governo Jorginho Mello”, destaca Fett.

Para a secretaria de Estado da Saúde, a Acafe é um diferencial de Santa Catarina e será peça fundamental na melhoria da saúde. “Nós temos dentro da Acafe uma riqueza de prestação de serviço. Muitas coisas nem o Ministério da Saúde tem conhecimento. Quando temos um programa como o Universidade Gratuita, a gente precisa discutir essa contrapartida de produto que já acontece, mas que agora poderá ampliar e ganhar maior visibilidade para o cidade catarinense”, comentou.

Em um roteiro de 10 cidades, o presidente da Fapesc fez um resumo do Aproxima +SC, programa desenvolvido junto à Acafe e que está rodando todas as regiões do estado. “Temos muitos desafios para 2024, mas será um ano cheio de boas expectativas. Nesse roteiro do aproxima percebemos que as Universidade estão bem armadas na saúde e em diversas outras áreas, então a rede Acafe será fundamental no desenvolvimento de projetos de tecnologia, mas também em ações de prevenção em saúde do governo do estado”, pontuou Fábio.

A agenda dos reitores contou ainda com a participação do secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon, que falou dos primeiros passos após a implantação do Universidade Gratuita e ouviu as demandas das Instituições.

Posts relacionados

Jorginho, o governo, o partido e a eleição na Alesc

Redação

Semana ACAFE em Brasília comemora os 50 anos de contribuições das IEs comunitárias para a educação superior

Redação

Lançamento do Movimento Educação para o Futuro é marcado pela apresentação de Carta Compromisso

Redação