Blog do Prisco
Destaques

Ada acredita que Assembleia possa diminuir impasse entre governo e prefeituras

Audiência pública nesta segunda-feira é desfecho de apelo feito há duas semanas pela deputada em plenário

Duas semanas após defender que a Assembleia Legislativa assumisse a interlocução entre o governo do Estado e os prefeitos catarinenses, a deputada estadual Ada Faraco de Luca (MDB) manifestou uma expectativa positiva para a audiência pública convocada para esta segunda-feira (20), às 14h. Os secretários de Estado da Saúde e da Fazenda, além dos prefeitos das cidades mais atingidas pela covid-19, já confirmaram presença na reunião virtual, que está sendo coordenada pelos deputados da Comissão Especial que acompanha os gastos públicos no combate ao coronavírus, colegiado que Ada integra.
“Finalmente, vamos reunir todas as autoridades diretamente envolvidas no combate ao coronavírus para conversar e encontrar um caminho em comum para essa situação, que está chegando perto do caos. Foi aquilo que eu manifestei na tribuna da Assembleia lá no dia 8, ‘temos que colocar todos para falar a mesma língua’. É com muita esperança que recebo a notícia da confirmação de todas essas presenças importantes na reunião”, disse.
A audiência pública será transmitida pelos canais oficiais da Assembleia Legislativa na internet.

Presenças confirmadas
Conforme o gabinete do deputado estadual Marcos Vieira (PSDB), presidente da Comissão Especial, além dos deputados estaduais, também já confirmaram presença os secretários de Estado, Paulo Eli (Fazenda) e André Motta Ribeiro (Saúde); o presidente da Fecam (Federação Catarinense de Municípios), Orildo Severgnini; os prefeitos, Gean Loureiro (Florianópolis); Udo Döehler (Joinville); Clésio Salvaro (Criciúma); Volnei Morastoni (Itajaí); Luciano Bulligon (Chapecó); Adeliana Dal Pont (São José); Joares Ponticelli (Tubarão); Saulo Sperotto (Caçador), entre outros, assim como representantes de associações de municípios e entidades ligadas à saúde.

No áudio, ouça a manifestação de Ada em 8 de julho, defendendo que a Assembleia assumisse a interlocução entre Estado e municípios.

Foto: Agência AL

Posts relacionados

Dia dos namorados em SC será com presentes tradicionais e pequenas compras

Redação

Aprasc manifesta apoio a movimento no ES

Autor

Mau tempo impede Buligon de participar de conveneção do DEM-SC

Redação