Blog do Prisco
Manchete

Amin: micro e pequenos não têm acesso ao crédito farto do governo

O senador Esperidião Amin enviou estas informações ao Blog. São reveladoras acerca da triste realidade, e duríssima, enfrentada pelas micro e pequenas empresas na busca de crédito emergencial para sobreviver à Pandemia. Muitas, como bem observa o parlamentar, já foram para o sacrifício por falta de acesso ao dinheiro.

“Estamos completando três meses de isolamento, medida geral aplicada a um País Continental, com desigualdades e peculiaridades de todos os tipos!

As micro e pequenas empresas não recebem os recursos que lhes são destinados pelo governo (não são poucos) porque o sistema financeiro tradicional não tem expertise para lidar com quem “não tem garantia” para oferecer. Em SC aprendemos a superar essa dificuldade porque lemos e distribuímos a cartilha de Muhammad Yunus (o Banqueiro dos Pobres) que ganhou o Prêmio Nobel da Paz (não da Economia!)!

Crédito Cooperativo, OSCIP’s do gênero Banco do Empreendedor entendem disso.  Essa imagem (caixa d’água cheia, tubulação inativa e torneira enxuta) tenho usado desde a segunda quinzena de março para convencer o próprio Congresso e as autoridades da Economia.

Agora, cogita-se “doar o dinheiro!”. Não é um despropósito! Mas perdemos muito tempo e impulsionamos uma alta taxa de mortalidade de micro e pequenas empresas por falta de instrumentos ADEQUADOS!

Todas as semanas, nas reuniões da Comissão de acompanhamento das ações de enfrentamento econômicas criticamos os relatórios do Banco Central, BB, CEF, BNDES, Tesouro, constatando: muito dinheiro anunciado e disponível e EMPOÇADO! Vou propor que se dê espaço para que essas entidades (Ajorpeme e OSCIP’s e Cooperativas de Crédito) tenham espaço na Comissão.”

Posts relacionados

Justiça mandar soltar Temer e mais cinco

Redação

MPF pede informações ao município de Criciúma sobre tratamento precoce da covid-19

Redação

Santa Catarina pretende manter isenção de impostos para defensivos agrícolas

Redação