Blog do Prisco
Manchete

Após destaque a projeto de Hobus, governo do RS recua de medida impopular

O deputado Milton Hobus (PSD) foi entrevistado, na manhã de hoje, pela tradicional rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul. Ele explicou sobre o projeto de lei de sua autoria que prevê o parcelamento do IPVA em até 12 vezes e nos cartões de crédito e débito. No Estado vizinho, o governador Eduardo Leite retirou a possibilidade do pagamento parcelado. Pouco depois do programa, o governo gaúcho recuou da decisão e afirmou que foi um erro.

“Todos pagam o imposto anualmente. Ao parcelar, o Estado não vai ter prejuízo, pois esse valor vai entrar no orçamento do ano. Só vai facilitar, reduzindo a inadimplência”, destacou Hobus.

Hoje, a legislação catarinense permite o parcelamento em até três vezes. Para o pagamento em cota única, a proposta de Hobus prevê que o Estado ofereça desconto ao contribuinte.

“Vivemos a maior recessão da história do país, temos milhões de desempregados e a carga tributária brasileira é muito alta. Cortar o parcelamento não vai aliviar as contas. Na prática, o Estado não vai ter benefício nenhum”, afirmou Hobus sobre a decisão do governo gaúcho.

No final da entrevista, o jornalista Rogério Mendelski elogiou o projeto do deputado catarinense. O projeto de Hobus passou pela Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa catarinense e está em análise na Comissão de Finanças.

Posts relacionados

Pandemia do Coronavírus leva 148 mil pessoas ao desemprego em SC

Redação

STF pode declarar inconstitucional a lei gaúcha das 12 milhas

Redação

Morre o ex-deputado Walmor de Lucca

Redação