Blog do Prisco
Image default
Manchete

Bolsonaro recebe demandas da Rota do Milho e das BRs de SC

A agricultura e a infraestrutura de Santa Catarina foram tema de audiência da deputada federal Caroline De Toni (PSL-SC) com o presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto.

Com foco na viabilização da Rota do Milho e na recuperação das BRs 282, 163 e 470, a deputada Caroline defendeu ações urgentes para que o estado receba o grão para abastecer o mercado interno e para que o escoamento da produção agrícola não seja inviabilizado.

“Há necessidade de que seja feita a certificação junto ao Paraguai, desburocratizando e agilizando a entrada do milho no Brasil, sem descuidar da fiscalização, que é fundamental”, pontuou.

Bolsonaro e Caroline De Toni
fotos: Marcos Corrêa/PR

A parlamentar catarinense solicitou ainda a privatização da Aduana de Dionísio Cerqueira. “É um caminho para que os serviços sejam prestados com mais controle, rapidez e eficiência, contribuindo muito para a economia do estado e do Brasil”, enfatizou.

Ao falar da situação das rodovias catarinenses, a deputada Caroline destacou o sentimento de abandono da população. “O que vejo e sinto nas visitas que tenho feito pelo estado é o abandono em investimentos na infraestrutura, especialmente da Região Oeste, na BR 282 e na BR 163. Toda a produção da agroindústria é escoada por essas BRs, passando ainda pela BR 470, que também precisa de investimentos, para chegar aos nossos portos”, lembrou.

Além do presidente da República, a deputada federal Caroline De Toni foi recebida na audiência pela deputada federal Tereza Cristina (ministra da Agricultura licenciada); pelo ministro da Agricultura em exercício, Marcos Montes; pelo secretário de Política Agrícola do MAPA, Eduardo Sampaio Marques; e pelo secretário adjunto de Defesa Agropecuária do MAPA, Fernando Mendes.

Emendas à LDO

No intuito de que os recursos federais sejam destinados à recuperação das rodovias, a deputada Caroline De Toni apresentou três emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para que na Lei Orçamentária Anual (LOA) seja possível contemplar as referidas BRs com recursos e para que as obras sejam executadas o mais rápido possível.

fotos> Marcos Corrêa, PR, divulgação

Posts relacionados

Bolsonaro cancela agenda em SC

Fabian Oliveira

Balneário recebe ministra e projeto piloto para idosos

Fabian Oliveira

Sob nova direção, PSB-SC informa que mantém processos de cassação de deputados

Fabian Oliveira