NotíciasÚltimas

BRDE vai financiar R$ 41,6 milhões para 7 municípios

Destinação dos recursos do programa nacional Avançar Cidades, do Ministério das Cidades, foi autorizada pelo Presidente Temer em visita ao Estado

As primeiras cidades beneficiadas com recursos do Programa Avançar Cidades, do Governo Federal, na categoria Mobilidade Urbana são da Região Sul. Dos municípios com projetos aprovados, sete estão em Santa Catarina e escolheram o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, como agente financeiro para a operação de financiamento. Em visita ao Estado, o presidente Michel Temer assinou documento autorizando o Ministério das Cidades a formalizar a contratação com o BRDE. No total, serão investidos por municípios catarinenses nesta primeira etapa do programa R$ 41,6 milhões.

Neuto de Conto (D) e Temer

Os projetos aprovados são das prefeituras de Balneário Gaivota (R$ 5 milhões), Concórdia (R$1,2 milhão), Indaial (R$ 20 milhões), Nova Veneza (R$ 4,4 milhões), Rio Fortuna (R$ 3 milhões), Sangão (R$ 4,5 milhões) e São Ludgero (R$ 3,5 milhões). Além das sete cidades catarinenses, o presidente autorizou ainda a contratação de financiamento para a cidade gaúcha de Três Palmeiras, também por meio do BRDE. A formalização da autorização aconteceu no último dia 16 de maio, em Florianópolis e contou com a presença do Ministro Alexandre Baldy, além do próprio Temer.

Para o vice-presidente e diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos do BRDE, Neuto Fausto De Conto, o BRDE foi muito feliz ao sair na frente divulgando o Programa Avançar Cidades em reuniões e encontros com prefeituras e captando as propostas que agora se concretizam. “Assim, BRDE foi a primeira Instituição financeira do país a aprovar e contratar operações na modalidade Mobilidade Urbana”, afirmou. Ainda de acordo com De Conto, é uma felicidade para todos no BRDE saber que os recursos tão necessários para o desenvolvimento socioeconômico das cidades catarinenses serão liberados. “É a prova de que estamos cumprindo nossa missão”, explicou.

De acordo com o superintendente da Agência do BRDE em SC, Nelson Ronnie dos Santos, a atuação muito próxima do BRDE com os municípios catarinenses e a agilidade da equipe do BRDE foram essenciais para garantir esses recursos para o Estado. “O programa tem uma dotação já definida, e os projetos aprovados primeiro garantem os recursos. As prefeituras catarinenses foram muito eficientes na elaboração de seus projetos para melhoria da infraestrutura de mobilidade e a nossa equipe trabalhou de forma muito intensa e coordenada para garantir que os projetos delas fossem os primeiros a ser autorizados”, explicou.

O BRDE é um dos cerca de 20 agentes credenciados pelo Ministério das Cidades para operar o Programa, que usa recursos do FGTS para financiar projetos de Mobilidade Urbana e Saneamento de municípios de todo o País. Em abril, o Ministério das Cidades selecionou três projetos catarinenses na área de Saneamento para receber recursos do programa Avançar Cidades. O BRDE também é o agente financeiro escolhido por dois dos projetos selecionados: um da Cidade de Blumenau e outro da Companhia Águas de Joinville. Agora os empreendimentos aguardam  a emissão dos Termos de Habilitação das propostas selecionadas, que são a autorização para que os agentes financeiros contratem as operações de crédito, com recursos do FGTS. Depois disso, acontece a contratação do financiamento e a liberação dos recursos para o início das obras.

Foto: Ministro das Cidades Alexandre Baldy, Presidente Michel Temer, Vice-presidente do BRDE Neuto Fausto De Conto.

Créditos: SECOM/SC – Jeferson Baldo