Blog do Prisco
Notícias Últimas

Carmen Zanotto defende solução urgente para falta de medicamentos em Santa Catarina e em todo o País

A Comissão de Seguridade Social e da Família aprovou requerimento da deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) para realizar uma Audiência Pública com o objetivo de debater o desabastecimento de medicamentos e a comercialização com preços elevados do soro fisiológico, insumo necessário para o tratamento de diálise, em Santa Catarina e em todo o País.

“Hospitais e farmácias de vários estados, das redes pública e privada, têm relatado falta de medicamentos como dipirona, antibióticos, soro fisiológico e também remédios de alto custo. Precisamos buscar soluções urgentes junto ao Ministério da Saúde e Anvisa para evitar a interrupção de tratamentos e adiamento de cirurgias”, disse a parlamentar em reunião do colegiado.

De acordo com a parlamentar, a Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplantes (ABCDT) notificou o Ministério da Saúde sobre a falta de soro fisiológico nos estoques e a impossibilidade de reposição do material. Quando encontram, são oferecidos apenas poucos frascos e a preços muito mais altos. A entidade recebeu denúncia de clínicas de mais de 25 cidades como Blumenau, Itajaí, Rio do Sul, Timbó e Brusque.

Os centros de hemodiálise prestadores do Sistema Único de Saúde (SUS) atendem 184 mil de pacientes renais crônicos em todo Brasil. São 12,5% para serviços de hemodiálise e 24,3% para a diálise peritoneal.

“Entendemos que isto é uma ameaça à vida de pacientes, em especial os que fazem diálise. É preciso encontrar uma solução para prover o abastecimento do soro fisiológico e das demais medicações que estão colocando em risco o restabelecimento da saúde dos pacientes catarinenses e brasileiros”, finalizou.

foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados