Blog do Prisco
Manchete

Catarinense no olho do furacão!

O advogado catarinense Marco Vinicius Pereira, natural de Taió (Alto Vale do Itajaí), é o novo presidente da Comissão de Mortos e Desaparecidos políticos. Antes de ser guindado ao olho do furacão da vez na política nacional, em função das declarações de Jair Bolsonaro, ele atuava na assessoria da Ministra Damares Alves (da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos).

Até então desconhecido, Pereira compôs a chapa ao Senado liderada por Lucas Esmeraldino no ano passado. Era o segundo suplente. Trata-se de um filiado ao PSL, portanto.

A questão toda é que a troca no comando da comissão ocorre num contexto de intenso litígio. O presidente da República disparou pesado, de maneira cruel, na direção do Conselho Federal da OAB. Bolsonaro afirmou que o pai do causídico foi morto pelos próprios companheiros de esquerda durante a ditadura militar. O próprio Exército confirmou que ele foi morto pelo regime.

Menos, Jair

Esse tipo de declaração é absolutamente desnecessária. Sobretudo porque partiu do presidente. O fato de o dirigente da OAB ser ligado ou simpático ao PT não vem ao caso. Por ora, Bolsonaro só conseguiu a proeza de reunificar a OAB contra ele. A interpelação à qual responderá foi subscrita por 11 antecessores e o atual comandante da Ordem.

Posts relacionados

Deputado quer CPI para investigar respiradores fantasmas em SC

Redação

O protagonismo de Júlio Garcia

Autor

Crise na Unisul leva coordenador do Curso de Medicina a pedir demissão

Redação