Blog do Prisco
Destaques Notícias

Colombo determina atuação integrada para atendimento aos moradores de Xanxerê

O governador Raimundo Colombo determinou que instituições do Governo de Santa Catarina atuem de maneira integrada para atender os moradores de Xanxerê, no Oeste do Estado. A cidade foi atingida por um fenômeno climático que se assemelha a um tornado, mas que ainda não teve sua denominação confirmada pela Defesa Civil.
O trabalho conta com apoio de instituições que compõe o Grupo de Ações Coordenadas (Grac). A Polícia Militar, além de auxiliar no atendimento emergencial, cedeu um caminhão para transportar os materiais de auxílio humanitário de municípios vizinhos para Xanxerê. São distribuídos kits de acomodação, água potável, lonas e telhas. O Serviço Aeropolicial (Saer) da Polícia Civil também acompanha a situação e oferece auxílio no atendimento. A Secretaria de Saúde de Santa Catarina deve reforçar as equipes para atender os feridos. Dois coordenadores regionais da Defesa Civil de Santa Catarina trabalham em Xanxerê para realizar um levantamento do número de afetados, desabrigados e desalojados.

TORNADO XANXERÊ

200 MIL UNIDADES SEM ENERGIA

O secretário-adjunto de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, acompanha todas as ações na região. Durante o temporal isolado, cinco torres de energia teriam sido arrancadas do solo, ocasionando queda de energia em 200 mil unidades consumidoras. Até o momento, a Defesa Civil contabiliza duas mortes, uma confirmada e outra informada, em decorrência do vendaval. O Grupo de Ações Coordenadas do Estado estima que mais de mil pessoas estejam desabrigadas e informa que há um volume ainda não calculado de residências destelhadas e postes derrubados. A estimativa inicial é que mais de 500 casas foram atingidas.
Segundo o coordenador Regional de Xanxerê, Luciano Peri, várias pessoas foram levadas com ferimentos para unidades de saúde do município. Ainda não se tem um levantamento total de pessoas machucadas. Pelo menos sete bairros foram afetados pelos fortes ventos e um ginásio chegou a desabar. O município ainda sofre com problemas no abastecimento de água, energia e sinal de telefonia.
Nesta segunda-feira, a Defesa Civil de Santa Catarina já disponibilizou 570 kits de acomodação, 630 colchões e 300 cestas básicas. Parte dos itens de auxílio humanitário já foi levada a Xanxerê. O restante deve chegar aos moradores nesta terça-feira, dia 21, feriado de Tiradentes.

Foto: Defesa Civil, divulgação