Blog do Prisco
Coluna do dia

Coluna do dia

Mariani: é precoce falar em 2018

Deputado federal Mauro Mariani (PMDB) considera muito precoce a corrida de bastidores, já iniciada, visando às composições das chapas majoritárias para o pleito estadual de 2018. O açodamento, avalia o peemedebista, se deve muito por conta da intensa movimentação do presidente estadual do PSD e presidente da Assembleia, deputado Gelson Merísio.

Merísio, antevendo o vácuo na política estadual bem antes da morte de Luiz Henrique da Silveira, largou na frente, provocando desconfortos nas hostes do maior aliado e até mesmo no Centro Administrativo, onde há outros postulantes pessedistas.

Sem citar nomes, Mariani também dirige críticas a setores do PMDB, onde a movimentação com vistas à cabeça de chapa daqui a 3,5 anos também é forte. Mesmo evitando os nomes, Mariani refere-se, obviamente, ao senador Dário Berger e ao vice-governador Eduardo Pinho Moreira.

 

 

Só no começo

Para o deputado Mariani, toda essa agitação é precoce, equivocada e prejudicial no contexto de um governo que mal começou seu segundo mandato. Processo justamente iniciado pelo presidente do partido do governador! No entendimento de Mariani, é hora de pensar em gestão – até por conta da crise econômica que assola o país.

 

 

Mangas arregaçadas

Coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, Mauro Mariani esteve ontem na Fiesc, ao lado do presidente Glauco Côrte, interagindo com as lideranças empresariais e ouvindo as demandas do setor.

 

 

Foco municipal

O parlamentar diz que, sob o aspecto eleitoral, o foco é nas eleições municipais de 2016. Ele avisa aos navegantes que vai percorrer todo o Estado, visitando prefeituras, Câmaras de Vereadores e lideranças do PMDB.

 

 

No páreo

Evidentemente que Mariani não fala no assunto, mas é candidatíssimo ao governo do Estado em 2018. Até porque, a grande verdade é que Dário Berger está assanhadíssimo, Eduardo Moreira também se movimenta, herdando boa parte do espólio político de Luiz Henrique, mas a tendência é que o próprio vice, mais os grupos de Casildo Maldaner e Paulo Afonso Vieira fechem com o deputado federal mais votado do partido. Ele tem história e identidade nas fileiras do Manda Brasa. O que colocaria um freio nas pretensões do único senador pelo PMDB Barriga-Verde.

 

 

 

Força de Lula

Pra quem ainda não sabe, Lula da Silva é candidatíssimo a um terceiro mandato em 2018. O PDT, que estava de malas prontas para deixar o governo, agora está mais forte do que nunca. Maneca Dias não só está mantido no Ministério do Trabalho como já indicou o novo superintendente da pasta em Santa Catarina, Douglas Mello. Tudo articulado pelo projeto eleitoral do ex-presidente, que também já teria fechado com a cúpula do PP.

 

 

Crise em SC

Nem mesmo Santa Catarina, tão festejada pelas autoridades como símbolo da resistência à crise, está livre dos efeitos do péssimo momento econômico. Em maio, o Estado já fechou quatro mil vagas de trabalho.

 

 

Musculatura

Além de ter nomes fortes à disposição para disputar, com grandes chances, as prefeituras de Chapecó, Balneário Camboriú e Itajaí, com Fabrício de Oliveira e Paulo Bornhausen, o PSB projeta a chegada do vice-prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, que também seria nome fortíssimo na maior cidade do Oeste.

Posts relacionados

Novela brasileira

Autor

Forçaram a barra

Autor

Dia D

leander