Blog do Prisco
Manchete

Comitiva da Alesc trata de educação e comércio na Reggio Calabria

Os deputados Mauro De Nadal (MDB), Doutor Vicente Caropreso (PSDB), Egídio Ferrari (PTB) e Rodrigo Minotto (PDT) estão em Reggio Calabria, no sul da Itália, onde trataram de acordos comerciais e de educação para Santa Catarina.

A comitiva iniciou a segunda-feira reunida com o reitor da Università degli Studi Mediterranea, professor Giuseppe Zimbalatti. Na ocasião, foram renovados os acordos de cooperação já existentes com a Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc) e a Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Ainda houve uma apresentação dos potenciais da Universidade Comunitária Regional de Chapecó (Unochapecó). O intuito é assinar um futuro acordo também com a instituição do Oeste.

Na sequencia, o encontro foi na Università per Stranieri Dante Alighieri, especializada na formação do idioma italiano. A proposta, igualmente, é realizar um acordo de cooperação com instituições catarinenses.

Comércio também na pauta

À tarde, os deputados se dedicaram a questões comerciais. Participaram de encontros com a Associação da Indústria da Província de Reggio Calabria (Confindustria) e com a Câmara de Comércio de Reggio Calabria.
Em ambos os encontros, foram apresentados os dados econômicos de Santa Catarina, assim como discutidos futuras parcerias comerciais entre o estado catarinense e a província italiana.

“Há um potencial enorme de negócios entre Santa Catarina e a Reggio Calabria, em diversas áreas. As reuniões serviram para avançarmos em possível acordos econômicos que sejam benéficos para ambas as partes”, disse o presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal.

Acordo também entre Alesc e Parlamento Regional da Reggio Calabria

Na terça-feira, ocorre a assinatura do termo de cooperação entre a Assembleia Legislativa de Santa Catarina e o Conselho Regional da Calábria. O documento é focado no desenvolvimento humano, econômico, sustentável e institucional entre os parlamentos.

 Ligações históricas entre SC e Itália

Cerca de 50% da população catarinense são descendentes de italianos. Atualmente o estado não tem Consulado Italiano, o que acaba em uma verdadeira romaria de descentes ítalo-brasileiros à Curitiba, no Paraná, para a obtenção de passaportes europeus.

Mas a situação pode mudar, segundo a comitiva parlamentar que esteve em Roma, liderada pelo deputado Mauro de Nadal, presidente da Alesc. De Nadal afirmou que durante o encontro realizado no Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália a comitiva reforçou o pedido pela criação de uma representação consultar em Florianópolis, a qual atenderia todo o estado catarinense

Posts relacionados

Mauro De Nadal faz balanço da semana como governador interino

Redação

Professora da Univali é nomeada para comitê do CNPq

Redação

Mauro de Nadal assina duas ordens de serviço e anuncia outra obra importante para SC

Redação