Blog do Prisco
Manchete

Decreto proíbe circulação nas orlas, parques e cachoeiras em Palhoça

Medida foi necessária após autoridades de Saúde flagrarem grande circulação de pessoas nas praias e áreas de lazer do município.

 

O prefeito de Palhoça, Camilo Martins, assinou o decreto nº 2564, nesta quinta-feira (19), com novas ações de enfrentamento ao novo coronavírus. As medidas, vigentes por sete dias, proíbem o acesso à orla das praias e cachoeiras, assim como a permanência de pessoas nos parques, praças, espaços públicos de lazer e nas quadras poliesportivas.

“Infelizmente precisamos tornar atividades como essas uma proibição, passível de punição, porque uma parte da população ainda não entendeu a importância da quarentena para frear o avanço do novo coronavírus”, avaliou o prefeito.

O decreto também recomenda que os moradores permaneçam em suas residências, evitando a circulação nas ruas, a menos que se tratem de atividades inadiáveis ligadas à saúde, alimentação e trabalho.

“Estamos seguindo os protocolos do Ministério da Saúde e temos exemplos em outros países de que o confinamento e a redução da convivência social diminui significativamente a contaminação”, lembrou o prefeito.

O documento prevê penalidades no caso de descumprimento das medidas, que também podem ser prorrogadas de acordo com a necessidade e o enfrentamento ao Covid-19.

Confira o decreto completo clicando aqui.

Posts relacionados

MPSC ajuíza ação e pede liminar para que Estado assuma decisões contra a covid-19

Redação

As digitais aparecem

Redação

Juíza nega liminar e antigos dirigentes do PSB permanecem

Redação