Blog do Prisco
Notícias

Deputado Natalino protocola requerimentos para parabenizar empresários de destaque

Os três e suas respectivas empresas deram o tom da quinta edição do painel “SC Que Dá Certo”

O deputado Natalino Lázare protocolou três requerimentos na quarta-feira (21) para que os empresários Mário Faccin (Master Agropecuária), Guilherme Grando (Vinícola Villagio Grando) e Dorival Barbieri (Grupo Pioneiros) recebam mensagem de congratulações da Assembleia Legislativa.

Os três e suas respectivas empresas deram o tom da quinta edição do painel “SC Que Dá Certo”, realizado pela RBS TV, na noite de terça-feira (20) em Videira, no Meio-Oeste. A iniciativa da empresa de comunicação apresenta histórias de sucesso de empresas dos mais variados segmentos. Empresários e interessados pelo tema lotaram o auditório da Unoesc para conferir as estratégias dos painelistas, que compartilharam histórias inspiradoras e os desafios de empreender na era da competitividade.

PIONEIRISMO

O Grupo Pioneiro nasceu há 28 anos. A história de sucesso é uma das maiores do período recente tem Santa Catarina. A empresa iniciou com a produção de apenas 150 baterias. Atualmente, a meta é estar entre as quatro maiores fabricantes do país. A Pioneiro já está representada em todos os Estados Brasileiros.

INDEPENDÊNCIA

A Máster Agropecuária é uma das empresas mais conhecidas e também tradicionais do Meio-Oeste. Principalmente por sua independência em relação ao sistema de produção de suínos agregados às grandes cooperativas e empresas. Mário Faccin, dono da Máster, é o maior produtor independente do Brasil, movimentando uma grande e importante cadeia de pequenos produtores de suínos em todo o Meio-Oeste. O empresário videirense foi eleito Personalidade do Ano de 2016, na premiação dos Melhores da Suinocultura e da Avicultura, durante a AveSui – Feira da Indústria Latino-Americana de Aves e Suínos realizada em abril deste ano.

QUALIDADE 

A Villagio Grando tem 27 anos. Diferentemente de outras vinícolas, apostou na melhoria da qualidade dos seus produtos para disputar o mercado de vinhos finos em vez de buscar competir com a produção argentina e chilena. Deu muito certo e hoje a empresa é referência quando o assunto são os vinhos finos de altitude. Atualmente, a Villagio Grando produz 260 mil garrafas por ano.

Mário Faccin, Guilherme Grando e Dorival Barbieri
Mário Faccin, Guilherme Grando e Dorival Barbieri

Fotos: Divulgação

Posts relacionados

PMDB-SC se aproxima do cinquentenário

Autor

Palestra marca o lançamento da segunda turma do Programa de Gestão de Indicadores e Resultados em Chapecó

Redação

A força do PP em Sombrio

Autor