Blog do Prisco
Image default
Coluna do dia

Derrota do Planalto

Uma grande vitória para Santa Catarina. Assim, o deputado federal Décio Lima classificou a articulação, principalmente as constantes obstruções em plenário, que resultou na retirada do caráter de urgência do PLN 13/2018. Na matéria, o Planalto pede o corte de mais de R$ 500 milhões em recursos para obras no Orçamento deste ano. O Estado mais prejudicado seria Santa Catarina, que perderia R$ 146,5 milhões ou 26,8% do total.

De acordo com Décio, a sessão do Congresso Nacional (que reúne Câmara e Senado) tinha o claro objetivo de aprovar a tesourada nos recursos para rodovias federais. “Nós conseguimos fazer com que o corte não fosse votado e derrubamos o requerimento. Estou muito feliz, pois liderei o processo de obstrução como líder da oposição no Congresso,” informou Décio, salientando que agora fica bem mais complicado para o assunto voltar com força à pauta do Legislativo. Vitória da oposição, de Santa Catarina e uma derrota retumbante de Michel Temer.

Até porque, o recesso está aí e na sequência já vem à campanha eleitoral. Ou seja, dificilmente o Planalto conseguirá se rearticular para aprovar o projeto-tesoura. Os cortes propostos pelo governo federal em Santa Catarina ignoravam qualquer princípio isonômico entre os Estados brasileiros.

 

Articulação

O ex-deputado Joares Ponticelli, hoje prefeito de Tubarão, não tem medido esforços para buscar eleger um sucessor na Assembleia Legislativa. A Amurel, região de seu domicílio eleitoral, não conta com nenhum deputado estadual e as principais lideranças progressistas e também de outros partidos estão bastante engajadas na pré-campanha de Pepê Collaço, presidente da Câmara de Vereadores de Tubarão.

 

Time de peso

Para se ter uma ideia, diversos apoiadores de todo o Sul do Estado acompanharam Pepê no último sábado durante entrevista a um programa de rádio local de grande audiência, após pedido de Joares para que todos estivessem presentes. O prefeito também organizou um jantar em seu apartamento para receber um grupo de Laguna, que também trabalha com afinco no projeto. O Time Pepê, como tem sido chamado, está bastante otimista de que a eleição é totalmente possível.

 

Cargos no Judiciário

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) emitiu nota de esclarecimento sobre o projeto que criou 462 cargos comissionados para o Poder Judiciário. Diz o texto que “cumpre ressaltar que a iniciativa de reforçar a capacidade produtiva do primeiro grau de jurisdição se dá não só por extrema necessidade, em razão da grande demanda de processos que aportam diariamente nos fóruns de todo o Estado. É também uma imposição do próprio Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que cobra medidas capazes de garantir mais eficiência, qualidade, celeridade e efetividade em relação aos serviços judiciários prestados na primeira instância dos tribunais brasileiros”.

 

FRASE

“A indústria brasileira precisa se modernizar, atualizar, investir para gerar emprego e o governo precisa ter uma gestão mais eficiente e menos burocrática para criar condições do retorno ao crescimento”.  A afirmação é do presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, ao avaliar os resultados do Encontro Nacional da Indústria (ENAI).

Posts relacionados

Temer na berlinda

Autor

Questão nacional

Autor

Correlação de forças

Autor