Blog do Prisco
Image default
Notícias

Esmeraldino participa de audiência com atual Ministro do Turismo

O desenvolvimento do turismo catarinense esteve entre as pautas defendidas na reunião que o futuro secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Lucas Esmeraldino, participou nesta semana, em Brasília, com o atual Ministro do Turismo, Vinícius Lummertz.

Além de buscar conhecer um pouco mais sobre os processos federais que estão beneficiando o setor turístico no Estado, atualmente, Esmeraldino tomou ciência sobre os encaminhamentos que merecem uma atenção especial, logo que o atual chefe da pasta federal, Marcelo Álvaro, assumir. Isso porque, esta área, em Santa Catarina, é vista também pelo futuro secretário estadual, como um dos principais pilares para a volta do desenvolvimento econômico e social.

Lucas Esmeraldino e Vinícius LUmmertz – foto>divulgação

“Sabemos que Santa Catarina está no destino turístico de muitos brasileiros e estrangeiros, possui uma das áreas de turismo mais dinâmicas e com grande potencial econômico, além do setor responder por pelo menos 12% do PIB estadual. Mas, temos ciência que o turismo não é explorado como deveria. Assim, tendo esta possibilidade de rotas pouco conhecidas serem exploradas e valorizadas, esses percentuais podem mudar consideravelmente”, destaca o futuro secretário, pontuando que o foco será no aquecimento da economia do Estado em todas as estações do ano.

Turismo x respeito ao meio ambiente

Entre os encaminhamentos apresentados pelo Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, na reunião com Esmeraldino, foi a portaria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), que estabelece normas e procedimentos para o turismo embarcado de observação de baleias, assinada nesta semana, mostrando que é possível promover o desenvolvimento do turismo respeitando o meio ambiente.

Com esta portaria, a visitação turística na Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, em Santa Catarina, será feita mediante autorização prévia das embarcações de empresas regularizadas no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur).

Programa Prodetur + Turismo

Outro ponto de destaque de Lummertz foi sobre a importância de iniciativas como o Prodetur + Turismo, para resolver os gargalos de infraestrutura do setor turístico “de forma inteligente”. Lançado pelo Ministério do Turismo neste ano, o programa possui uma carteira de 115 projetos em análise, que somam cerca de R$ 4,23 bilhões. Entre os primeiros contratos de financiamento assinados, o município de Gaspar recebeu a formalização do repasse de recursos desta iniciativa nesta terça-feira (18) e foi consagrado com o Selo Oficial +Turismo.

Agradecendo toda receptividade e ampla demonstração dos processos em andamento, Lucas enfatizou para Lummertz que, a meta a partir de janeiro será pontuar cada região, buscando explorar, amplamente, o potencial adormecido em cada cidade, bem como criar políticas de desenvolvimento do setor turístico, visando fomentar e buscar o crescimento da área.

“Reconhecer e considerar o turismo como setor estratégico para a economia, acredito que serão também, fatores certeiros no governo de Moisés. Portanto, para construirmos este crescimento da área com maior efetividade, assim como o Lummertz vem realizando enquanto está à frente da pasta federal, também estarei, a partir do próximo ano, pronto para discutir as dificuldades, objetivando a construção de ações que elevem o potencial turístico de Santa Catarina”, finaliza.

Posts relacionados

Bez participa do lançamento das medidas para o Turismo

Autor

Guidi reúne majoritária em grande evento no Sul

Autor

Udo Döhler com agenda cheia na reta final da campanha

Autor