Blog do Prisco
Manchete

Fanfarronice sem limites

Chega a ser patético, inaceitável, sobretudo neste momento de pandemia, de crise aguda com empresas quebrando e empregos sendo subtraídos, redução de salários e por aí vai, um deputado ganhando holofotes com essa postura de fanfarrão, irresponsável, inconsequente. Do alto de sua calhordice, o cidadão foi à rede social, seu habitat natural, para levantar gravíssimas ilações sobre a vida pessoal do governador e de uma secretária da Casa Civil.
Não vou citar o nome dele. Não vai ganhar mais esta publicidade gratuita, pois este tipo de mandatário da nova era, da nova política, capitaliza na rasosfera até mesmo quando é criticado, repreendido.
Evidentemente que este tipo de postura não cabe na Alesc. Em nenhum momento e muito menos agora, quando todas as energias do poder público devem estar voltadas ao enfrentamento da pandemia e suas consequências nefastas.

Reprimenda
Logo após o episódio ganhar grande audiência na internet, a presidência da Assembleia publicou uma nota – curta e direta -, manifestando sua total discordância em relação à atitude do parlamentar estadual. É um bom começo, mas é muito pouco. O precedente é grave. Se deixar correr solto, poderemos ter novos casos ali adiante.

Raposa no galinheiro
A Alesc precisa se mobilizar a partir de sua mesa diretora e tomar providências cabíveis e enérgicas, inclusive via Conselho de Ética da Casa. Colegiado do qual o dito deputado faz parte, o que, convenhamos, mostra sua total inoperância e inutilidade até aqui.
Não se trata de censura, mas tudo tem limites e esse eleito já ultrapassou todos os limiares aceitáveis da educação e da civilidade.

Posts relacionados

Projeto da bancada do NOVO estabelece exceções à revisão da prisão preventiva

Redação

Com estratégia inovadora coordenada por SC, indústria aumenta produção nacional de respiradores hospitalares

Redação

Governador de SC concede entrevista EXCLUSIVA ao SBT Meio Dia

Redação