Blog do Prisco
Manchete

Gilmar Mendes, conhecido por soltar colarinhos-brancos, é o relator de HC de Vasques

A defesa de Silvinei Vasques, ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no governo Bolsonaro, está aguardando decisão sobre pedido de Habeas Corpus impetrado junto ao STF.

Normalmente, um HC é julgado em 48 horas, prazo que já expirou neste caso. Claro, estamos falando de um perseguido político, que adoeceu e perdeu 15 quilos na prisão por ser celíaco.

Os advogados do policial basearam a argumentação usando várias decisões e embasamentos utilizados pelo ministro Gilmar Mendes, relator do Habeas Corpus de Vasques.

Por uma dessas ironias do destino, o processo caiu na mesa daquele é conhecido, reconhecido, cantado em verso e prosa por já ter soltado um sem número de bandidos do colarinho branco.

A expectativa dos defensores de Silvinei Vaques é que HC seja deferido a qualquer momento.

Posts relacionados

Esperidião Amin solicita reforço da PRF no Contorno Viário de Florianópolis

Redação

STF segue extrapolando

Redação

Delegada pede mais prazo para concluir inquérito de Silvinei

Redação