Blog do Prisco
Image default
Manchete

Gilmar Mendes devolve mandato a Rodrigues

Acatando pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de João Rodrigues, o ministro do STF, Gilmar Mendes, devolveu o mandato ao oestino. O notório magistrado determinou a diplomação do ex-prefeito de Chapecó. Como consequência, ele será empossado como deputado no lugar de Ricardo Guidi, que fez menos votos. Rodrigues aguarda a convocação do TSE, caso não ocorra nenhuma reviravolta até ele assumir.

João Rodrigues já havia conseguido a liberdade em outra decisão. A novela que envolve o deputado  se arrasta há mais de 20 anos. Quando assumiu interinamente a prefeitura de Pinhalzinho, próxima a Chapecó, o pessedista determinou a compra de uma retroescavadeira. Que lhe rendeu condenação e até prisão por irregularidades apontadas pelo juízo. O mesmo processo evitou a diplomação dele após o resultado das urnas em outubro de 2018.

Vale lembrar, ainda, que este novo momento novelístico que envolve Rodrigues está sujeito a novas reviravoltas. A decisão que lhe concede o mandato é monocrática e passível de recurso. E há, ainda, a batalha judicial de Ana Paula Lima, do PT, que foi mais votada do que o próprio Rodrigues e não assumiu porque o TRE-SC impugnou uma candidata petista que fez pouco mais de 400 votos, mais do que suficientes para a ex-deputada estadual eleger-se. Aguardemos os próximos capítulos.

 

 

Leia também »  Reform

Posts relacionados

Aleluia!

Fabian Oliveira

Segurança tem os melhores índices da série histórica em junho

Fabian Oliveira

Fernando Comin é escolhido como próximo procurador-geral de Justiça de SC

Fabian Oliveira