NotíciasÚltimas

Hobus apresenta nome para ser vice de Merisio

Senador Paulo Bauer está, neste momento (15h), voando de Brasília para Florianópolis. Na Capital Federal, o catarinense prestigiou a convenção nacional do PSDB, que homologou a chapa Geraldo Alckmin para presidente, com Ana Amélia Lemos, do PP gaúcho, de vice.

Em função da ausência de Bauer no Estado, os tucanos não fizeram nenhum tipo de encaminhamento objetivo para definir seu futuro nesta eleição.

Orientação do presidente estadual, Marcos Vieira.

Paralelamente, a seção Barriga-Verde do MDB homologou apenas o nome de Mauro Mariani ao governo, deixando as outras três vagas em aberto.

Mariani espera, ainda, contar com o PSDB em seu projeto. Enviou até uma carta aos dirigentes tucanos, ofertando dois espaços majoritários: a vice e uma das posições ao Senado. Neste caso, Bauer poderia concorrer à reeleição e Napoleão Bernardes concorrer de vice do próprio Mariani.

A seu turno, o DEM-SC já realizou a sua convenção e homologou o deputado federal João Paulo Kleinübing ao governo. Até porque, não havia outra alternativa.

Mas como estão demorando demais os entendimentos do PSD com o PP e o DEM, o líder do PSD na Alesc, ex-prefeito de Rio do Sul por dois mandatos, Milton Hobus, apresentou seu nome para ser candidato a vice-governador de Gelson  Merisio. Representa o Vale do Itajaí, maior contingente eleitoral do Estado.

Evidentemente que as conversas entre PSD, PP e DEM vão prosseguir, mas o parlamentar pessedista cria um fato novo ante ao quadro de indefinição.

Milton Hobus e Gelson Merisio – foto>Solon Soares, Ag. Alesc, arquivo