Blog do Prisco
Manchete

Hospital Regional de Curitibanos pode fechar as portas

Único hospital num raio de 80 quilômetros, o Regional de Curitibanos está financeiramente na UTI. O governo do estado, atualmente, não repassa nem metade dos valores somente para pagamento da folha de pessoal da unidade.

Mensalmente, a administração estadual tem enviado R$ 600 mil ao hospital. Os custos com os profissionais, no entanto, batem na casa de R$ 1,3 milhão mensais.

O relato foi feito pelo deputado Nilson Berlanda, nesta quinta, em Lages, onde o governador Moisés da Silva tinha agenda. Seu assessor e pré-candidato a prefeito de Curitibanos, Márcio Poleto, tem auxiliado diretamente na busca pela solução financeira ao Regional. O hospital presta um serviço inestimável e tem em sua diretoria o incansável médico Marcos Farias, profissional de renome que atua há quarenta anos junto à instituição de saúde curitibanense.

A deputada federal Carmen Zanotto, que já foi secretária de estado da Saúde, acompanhou a agenda e ouviu as informações sobre o estado calamitoso em que se encontra o hospital de Curitibanos.

 

Posts relacionados

Bolsonaro deixa o PSL

Redação

Dia Internacional da Mulher tem corrida de rua exclusiva para elas em Florianópolis

Redação

Moisés alfineta Eduardo Bolsonaro e não deve prestigiar palestra do deputado em SC

Redação