Blog do Prisco
Image default
Destaques

“Incentivos fiscais são ferramentas de desenvolvimento econômico”

Em breve declaração, enquanto visitava empresários de São Bento do Sul e as instalações do Centro de Inovação de Jaraguá do Sul (que, dentre outras novidades, tem a WEG como uma das empresas âncoras), Lucas Esmeraldino comentou que já conversou diretamente com o Governador sobre a relevância dos incentivos fiscais para a geração de competitividade, emprego e renda, que buscará consenso por meio de uma agenda propositiva e também reiterou que o Governo, por meio da Secretaria da Fazenda, já atua e analisa eventuais disparidades na concorrência.
Lucas Esmeraldino – fotos>divulgação
Ratificou o que disse no primeiro encontro da SDS com o setor produtivo, reunindo o PIB catarinense no último dia 4: “a SDS vai apoiar quem produz, acelerar investimentos e maximizar resultados; ou seja, ser o elo entre o setor produtivo, a população e o executivo estadual”.
Para Esmeraldino, quando questionado sobre a carga tributária em vigor que pode ameaçar o empresariado e os consumidores catarinenses, o principal é buscar o diálogo, equilíbrio e a concorrência leal: “o Governo tomará a melhor atitude, a melhor decisão, sempre embasado na isonomia e nos requisitos legais em benefício da população e de maneira justa para os nossos empresários. Somos favoráveis à transparência dos incentivos que, obviamente, precisam ser equacionados antes da entrada do decreto feito por Pinho Moreira. Assim seguiremos fortes em competitividade, gerando receita e potencializando a vocação de cada região do nosso Estado”.
“Tenho a convicção de que, juntamente com Carlos Moises, nosso governador, sempre muito disposto ao diálogo e ao desenvolvimento das regiões, vamos reverter qualquer situação adversa neste sentido”, afirmou.

Posts relacionados

Hospitais filantrópicos recebem R$ 9 milhões

Autor

Operação Trojan pode trazer desdobramentos políticos após batida na casa de Dilmo Berger

Autor

ANÁLISE: O PP E O DILEMA DA RENOVAÇÃO

Autor