Blog do Prisco
Image default
Manchete

Legislativo protagonista

Acertada a decisão dos líderes da Assembleia Legislativa, tudo articulado pelo presidente Júlio Garcia, para prorrogar a validade dos decretos que retiram incentivos fiscais em Santa Catarina. As canetadas do ex-governador Eduardo Pinho Moreira, que atingem mais de 11 mil empresas no Estado – e não estamos neste momento falando do mérito ou não da iniciativa – passariam a valer em 1 de abril. A partir do acordo na Alesc, uma lei será aprovada e modificará os decretos, que seguirão em vigor até o fim de julho.

Assim, o governo do Estado, que bate-cabeça nesta questão e foi absolutamente inerte enquanto o Legislativo já encontrou um caminho em meio à enorme polêmica, ganha mais tempo para debater a questão e achar a solução definitiva.

No comparativo sobre atuação político-administrativa, Júlio Garcia vai dando as cartas em Santa Catarina. E o governador segue sem articulação. Parece que ainda não caiu a ficha de Moisés da Silva sobre a necessidade de relacionar-se, e bem, com o Parlamento Estadual.

Posts relacionados

Moisés renova convênio e encontra transplantada em Blumenau

Fabian Oliveira

Bancada estadual reforça indicação de Fernando Krelling à presidência do MDB

Fabian Oliveira

Amin provoca STF para pautar questão do petróleo

Autor