Blog do Prisco
Manchete

Liberado o primeiro trecho da terceira faixa da BR-101

Freccia e Camilo comemoram estágio avançado da obra, que foi uma solicitação da Prefeitura de Palhoça

A partir desta terça-feira (31), os mais de 100 mil motoristas que transitam diariamente pela pista Norte da BR-101, na Grande Florianópolis, podem usufruir de cinco novos quilômetros de terceira faixa – entre o Km 210 e o Km 205, na região de São José. Esse é o primeiro lote liberado pela Arteris Litoral Sul – que prossegue agora com a ampliação nos outros 10 quilômetros que compõem o total da obra.

Atual coordenador de Projetos Especiais da Prefeitura de Palhoça, o ex-prefeito Camilo Martins foi convidado a participar da cerimônia de inauguração, na manhã desta terça-feira (31), e lembrou do esforço que empreendeu quando comandou o Executivo palhocense e acionou a Justiça para obrigar a concessionária a realizar obras paliativas que dessem fluxo ao trânsito na rodovia federal, dentro da Grande Florianópolis, enquanto o Contorno Viário não é concluído. “Enquanto fui prefeito de Palhoça, entrei com uma ação na Justiça contra a concessionária Arteris e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Nosso pedido foi para a conclusão do Contorno Viário, mas também a construção da terceira faixa na BR-101, e obtivemos sucesso na ação”, relembrou Camilo. “Para nossa felicidade, o trecho de São José até a Via Expressa já está com a terceira faixa liberada, o que já vai melhorar muito o trânsito na região”, observou.

Em viagem de trabalho a Brasília, o prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia, também comemorou a liberação do primeiro trecho das obras. “Nós sabemos o quanto uma obra deste porte e neste trecho tão movimentado da BR-101 pode influenciar no trânsito. É uma conquista que tem a participação efetiva da Prefeitura de Palhoça. Foi apenas o primeiro trecho, mas já terá um impacto positivo no fluxo de veículos”, expressou o prefeito. “Vamos continuar atentos, acompanhando de perto o trabalho da concessionária, para que a obra termine o mais rápido possível e todos possamos nos deslocar entre as cidades da Grande Florianópolis sem perder horas no trânsito”, projetou Freccia. “A nossa luta continua. Continuaremos em cima, cobrando para que todo o trecho de Palhoça a Biguaçu seja concluído o mais rapidamente possível, como também o Contorno Viário. Vamos juntos, nossa região merece muito mais”, destacou Camilo Martins.

A obra

A obra da terceira faixa começou em fevereiro e tem prazo contratual de 12 meses para execução. No entanto, a concessionária fez um planejamento que permite o avanço dos trabalhos já com liberações parciais – como aconteceu nesta terça-feira (31).

O primeiro segmento liberado tem início nas proximidades do Continente Shopping e vai até o trevo com a Via Expressa – trecho que recebeu prioridade, por ser o mais movimentado. Ao longo desses cinco quilômetros, foram realizadas atividades para implantação da terceira faixa, com pavimentação, sinalização, instalação de barreiras e readequação de sete acessos.

As obras nesses acessos têm importância fundamental, pois garantem a reconfiguração das entradas e saídas entre a rodovia e marginal, em concordância com as três faixas, proporcionando a segurança necessária para as manobras de aceleração de desaceleração.

Além disso, outro diferencial importante, já à disposição dos usuários, é a operação com quatro faixas na interseção de acesso da BR-101 para a Via Expressa – assim como na alça de retorno da Via Expressa para acesso à pista Norte da BR-101. Essa faixa exclusiva para acesso proporciona maior capacidade de fluidez, conforto e segurança aos motoristas que transitam neste trecho com alta demanda em direção à capital.

Trabalhos prosseguem nos demais trechos

A Arteris Litoral Sul dará sequência aos trabalho de construção nos outros 10 quilômetros – com prioridade, a partir de agora, no segmento entre o Km 216 (trevo com a BR-282, em Palhoça) e o Km 210 (Continente Shopping), mas também com atividades no último lote, que fica entre o trevo com a Via Expressa (Km 205) e o Hotel Golden, em São José (Km 200,4).

No segmento prioritário, encontram-se as duas intervenções mais complexas da obra, que são as atividades para reforço e ampliação das pontes sobre os rios Maruim e Passa Vinte, ambas em Palhoça.

Em outra frente de atividade, para readequação dos 23 acessos que integram toda a extensão da obra, 19 deles já foram readequados, restando apenas quatro, que já estão em execução.

O ritmo adiantado das obras permite a projeção de conclusão de toda a obra até o final deste ano, com pelo menos dois meses de antecedência em relação ao prazo inicial.

O investimento da Arteris para execução desta obra é de R$ 53,2 milhões.