Blog do Prisco
Destaques

Marcelo Goss Neves é empossado procurador-chefe do MPT-SC

Posse aconteceu esta manhã, em Brasília, junto com outros 23 procuradores eleitos nas Regionais do MPT para o biênio 2019/2021

Marcelo Goss Neves foi empossado, em Brasília,  procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC) para o biênio 2019/2021. É a segunda vez que o procurador fica à frente da Procuradoria Regional do Trabalho da 12ª Região. O primeiro mandato foi de 2015 a 2017.

Marcelo Goss Neves é natural de Florianópolis, formado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atuou como advogado por três anos e ingressou no MPT no 16º Concurso para Procurador do Trabalho. Até o final de setembro respondeu como Coordenador da Procuradoria do Trabalho do Município de Chapecó (PTM Chapecó).  também, é o representante da COORDINFÂNCIA (Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes) no MPT-SC.

Marcelo Goss Neves empossado procurador-chefe do MPT-SC

Procurador-geral do MPT, Alberto Balazeiro, dá posse a 24 procuradores-chefes das Regionais

A solenidade na Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), no Distrito Federal, ocorreu junto com a posse de outros 23 procuradores-chefes das 24 regionais do Ministério Público do Trabalho (MPT).

O procurador-chefe da PRT da 21ª Região (RN), Xisto Tiago Neto, foi escolhido para discursar em nome dos outros chefes e ressaltou que é necessário ter lucidez para enxergar horizontes com maior sensibilidade e conhecimento técnico. “É essencial aumentarmos as lentes de observação para o descortino institucional no grau certo e sem ranhuras. Lentes que devem ser sempre polidas e adaptadas ao corpo e às variações do foco na realidade que é observada”, discursou.

O entusiasmo dos novos procuradores-chefes foi destacado pelo procurador-geral do MPT, Alberto Balazeiro, que afirmou ser preciso não se contentar com fórmulas prontas e sempre buscar criatividade, resolutividade e eficiência. “É com esse entusiasmo que esse grupo de gestores fará o novo MPT. Um MPT que, como este grupo de procuradores-chefes, mescla experiência e juventude”, afirmou.

Balazeiro citou ainda os três pilares que norteiam o seu mandato: gestão administrativa, atuação resolutiva e projeção institucional. Para isso, o procurador-geral conta com um projeto de construção coletiva formado por cada um dos 782 procuradores da instituição com o apoio de servidores, dos colaboradores e com a parceria de outras instituições.

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Ângelo Fabiano Faria da Costa, frisou que a posse dos procuradores-chefes é um marco importante na instituição, pois eles são os responsáveis pela gestão administrativa, financeira e pessoal das regionais e também exercem a representação política do MPT nos estados. “Colocar-se à disposição para exercer tão relevante missão demonstra comprometimento e dedicação com o Ministério Público do Trabalho e com a sociedade brasileira”, disse.

Participaram da solenidade a vice-procuradora-geral do MPT, Maria Aparecida Gugel; a coordenadora da Câmara de Coordenação e Revisão, subprocuradora-geral Sandra Lia Simón; o corregedor-geral do MPT, André Luís Spies; o conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Sebastião Vieira Caixeta.

Veja abaixo a relação completa de procuradores-chefes:

PRT  1ª Região (Rio De Janeiro)
Procurador-chefe: João Batista Berthier Soares

PRT 2 Região (São Paulo)
Procurador-chefe: João Eduardo Amorim

PRT 3ª Região (Minas Gerais)
Procurador-chefe:Arlélio Carvalho Lage

PRT 4ª Região (Rio Grande do Sul)
Procurador-chefe: Mariana Furlan Teixeira

PRT 5ª Região (Bahia)
Procurador-chefe: Luís Carlos Carneiro Filho (recondução)

PRT 6ª Região (Pernambuco)
Procurador-chefe: Ana Carolina Ribemboim

PRT 7ª Região (Ceará)
Procurador-chefe: Mariana Férrer Rolim

PRT 8ª Região (Pará e Amapá)
Procurador-chefe: Cintia Nazaré Leão

PRT 9ª Região (Paraná)
Procurador-chefe: Margaret Matos de Carvalho

PRT 10ª Região (Distrito Federal e Tocantins)
Procurador-chefe: Valesca de Morais do Monte

PRT 11ª Região (Amazonas e Roraima)
Procurador-chefe: Jorsinei do Nascimento (recondução)

PRT 12ª Região (Santa Catarina)
Procurador-chefe: Marcelo Goss Neves

PRT 13ª Região (Paraíba)
Procurador-chefe: Myllena de Alencar Medeiros

PRT 14ª Região (Rondônia e Acre)
Procurador-chefe: Camilla Holanda da Rocha (recondução)

PRT 15ª região (Campinas)
Procurador-chefe: Dimas Moreira da Silva

PRT 16ª Região (Maranhão)
Procurador-chefe: Maurel Mamede Selares

PRT 17ª Região (Espírito Santo)
Procurador-chefe: Valério Soares Heringer (recondução)

PRT 18ª Região (Goiás)
Procurador-chefe: Tiago Ranieri (recondução)

PRT 19ª Região (Alagoas)
Procurador-chefe: Rafael Gazzanéo Júnior (recondução)

PRT 20ª Região (Sergipe)
Procurador-chefe: Alexandre Magno de Alvarenga

PRT 21ª Região (Rio Grande do Norte)
Procurador-chefe: Xisto Tiago Neto

PRT 22ª Região (Piauí)
Procurador-chefe: Maria Elena Rêgo

PRT 23ª Região (Mato Grosso)
Procurador-chefe: Rafael Mondego Figueiredo (recondução)

PRT 24ª região (Mato Grosso Sul)
Procurador-chefe: Cândice Gabriela Arósio

Posts relacionados

TSE decide que convenções partidárias poderão ser virtuais

Redação

Tendência de polarização: Bolsonaro X Haddad

Autor

MPT recebe mais de 2400 denúncias de violações trabalhistas em todo o país

Redação