Blog do Prisco
Destaques Notícias

MP que motivou greve na Educação deve ser votada somente depois da Páscoa

Rejeitada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia, a Medida Provisória 198 – aquela que motivou protestos e até uma tímida greve na Educação – acabou não sendo apreciada em plenário ontem, terça-feira. O presidente da Casa, deputado Gelson Merísio, avisou que pode pautar a votação da MP para hoje, quarta-feira. Mas tudo indica que o projeto só será apreciado depois do Feriado de Páscoa (atualizado às 15h48min)

MP 198 REJEIÇÃO“Depende do encaminhamento que está sendo dado pelo governo,” disse o parlamentar. Enquanto o sindicato dos professores, Sinte, comemorou a decisão da CCJ, no Centro Administrativo, acendeu o sinal amarelo. O governo, em tese, deveria contar com folgada maioria no Parlamento. Mas as medidas de austeridade e ajuste gestadas por Raimundo Colombo – bem como o congelamento de 500 cargos comissionados – estão transformando a base em uma geleia geral, a exemplo do que já acontece no Congresso Nacional.

Foto: Eduardo Guedes de Oliveira, Agência Alesc, divulgação

Posts relacionados

Confirmadas pré-cacndidaturas de Adeliana Dal Pont e Neri do Amaral

Autor

Dalirio convida embaixador de Taiwan para visitar Santa Catarina

Autor

Jaraguá recebe recursos para pavimentação

Autor