Blog do Prisco
Image default
Notícias

Merisio propõe na FIESC alternativa inovadora para realizar parcerias público-privadas e formas de aumentar investimentos

Em evento realizado pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) na noite desta segunda-feira (20), o candidato a governador Gelson Merisio (PSD) apresentou mais uma de suas propostas para a administração pública do Estado. O candidato defende que as indicações para a SCParcerias, criada com o objetivo de desenvolver parcerias público-privadas (PPPs), devem ser realizadas pela iniciativa privada, em ação conjunta com entidades representativas como a própria Fiesc, a Fecomércio-SC e a Facisc, por exemplo.
“Elas estabelecerão metas e isso gerará desenvolvimento, com indicações técnicas para cada uma das vagas de trabalho”, defendeu Merisio, em uma proposta inovadora que abre um precedente de integração entre a gestão pública e a iniciativa privada para o desenvolvimento de ações que beneficiem o crescimento econômico catarinense.
Defensor da extinção de 1.200 dos atuais 1.400 cargos comissionados do governo estadual e do enxugamento da máquina pública, Merisio disse que apenas uma área administrativa terá crescimento de funcionários em seu governo. “A área ambiental irá aumentar. Teremos mais servidores efetivos para garantir eficiência e produtividade. Temos hoje mais de R$ 70 bilhões em investimentos parados por falta de análise. A resposta pode ser negativa ou positiva, mas precisa ser rápida e baseada em critérios claros, que não deixem margem para a insegurança jurídica”, afirmou Merisio.
*Capitalização do BRDE -* Ao expor seus planos aos empresários da Fiesc, o candidato abordou uma forma de ampliar a capacidade de realizar investimentos dentro de Santa Catarina, que passaria pela capitalização do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Cada R$ 1 colocado no BRDE gera R$ 11 para financiamento aos municípios e pequenas e médias empresas, pela regra de Basileia. “Se colocarmos R$1 bilhão, teremos R$11 bilhões para injetar na economia catarinense. Esse é um programa inteligente, que fortalecerá o BRDE e entregará capacidade de ampliação dos investimentos para as empresas catarinenses e aos municípios”, disse.
*Fotos de Luis Debiasi – Divulgação Merisio 2018*

Posts relacionados

Exposuper confirmada para Joinville até 2020

Autor

Novo Sine de Criciúma inaugura dia 21

Autor

Procurador da Câmara de Balneário afirma que processo de cassação de vereador segue em ritmo normal

Fabian Oliveira