Blog do Prisco
Image default
Notícias

Morastoni vai a Brasília atrás de novos investimentos para Itajaí

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni (PMDB), esteve em Brasília nesta quarta-feira (07), tratando de pautas importantes para o município. Morastoni esteve reunido com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski, tratando da regularização do terreno onde fica o Centro Integrado de Saúde (CIS).
O prefeito apresentou proposta de parcelamento para a compra do terreno do CIS, que hoje é área portuária e pertence à União. Morastoni solicitou o compromisso da Agência em aplicar os recursos da compra, cerca de R$ 17 milhões, em obras no porto de Itajaí, o que fará com que o município reverta o investimento em melhorias na própria cidade.
Morastoni também apresentou a proposta de adaptação de uma tarifa portuária, que poderá trazer mais recursos ao terminal itajaiense, até R$ 1,5 milhão ao mês, sem perder competitividade no mercado e sem prejudicar os armadores.
A Antaq elogiou a gestão municipal do Porto e ressaltou a preocupação com a modernização e melhorias do terminal portuário. Como a Agência prioriza a eficiência dos portos, o prefeito Volnei está otimista com o atendimento dos pleitos.
Mobilidade urbana e saúde
A agenda de Morastoni em Brasília foi acompanhada pelo senador Dario Berger (PMDB). Ao senador, o prefeito de Itajaí buscou apoio para conseguir recursos a duas importantes obras: o binário da rodovia Osvaldo Reis, principal ligação de Itajaí e Balneário Camboriú, e a conclusão da Via Expressa Portuária.
Por fim, Morastoni esteve no Ministério da Saúde pleiteando investimentos no setor, como a aquisição de uma unidade do programa federal “Castra Móvel”, para realizar atendimentos itinerantes de castração de cães e gatos, e também recursos para uma nova unidade de saúde no município.

Posts relacionados

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS RECEBE MATERIAL ESPORTIVO DA SECRETARIA DE TURISMO, CULTURA E ESPORTE DE SC

Autor

Ação penal contra Pavan terá prosseguimento no TJ

Autor

Prefeitos catarinenses mobilizam-se pela aprovação do AFM

Autor