Blog do Prisco
Destaques

O isolamento e os votos do PT-SC

O isolamento político do PT, que novamente disputa as eleições em Santa Catarina de chapa pura, pode estar rumando para o isolamento eleitoral. A partir desta segunda-feira, estarão faltando seis dias para o primeiro turno.

Na semana que passou, registraram-se movimentos importantes no tabuleiro que podem sinalizar nesta direção.

A partir do anúncio de Gelson Merisio, declarando voto e apoio a Jair Bolsonaro, lideranças do PT já deixaram muito claro que se fecharam as portas para qualquer entendimento com o candidato do PSD ao governo do Estado.

Embretado neste contexto presidencial depois da tacada de Merisio, Mauro Mariani ratificou que seu voto será no correligionário Henrique Meirelles. Enquanto a postura de Merisio foi arriscada, a de Mariani, conservadora. O emedebista tem os tucanos na chapa como parceiros preferenciais. O candidato do PSDB a presidente, contudo, derrete nas pesquisas e na popularidade, perdendo qualquer atrativo para postulantes aos governos estaduais.

Isolamento do PT

Ocorre que em Santa Catarina, se o segundo turno for entre Merisio (Bolsonaro) e Mairani (Meirelles e PSDB), os petistas podem acabar optando pela neutralidade. Além de ter os tucanos como aliados, o MDB de Mariani passou a ser odiado pelos petistas após o impeachment de Dilma. A conferir se os líderes do PT estadual estariam dispostos a passar por cima da deposição da ex-presidente e a engolir os tucanos aqui no Estado!

Posts relacionados

Disputa para definir o vice de Merisio

Autor

Prisão de Vaccari provoca novo terremoto no PT

Autor

Fecam cobra reajuste do transporte escolar

Autor