Blog do Prisco
Destaques

O ocaso de Michel Temer

À frente de um governo moribundo há cerca de pelo menos um ano, herdando uma nação devastada pela incompetência de Dilma Rousseff e pelo projeto de poder do PT, Michel Temer pode fechar o ano e seu mandato-tampão colecionando uma terceira denúncia por crimes contra o erário.

Em plena reta final do segundo turno eleitoral, a Polícia Federal indiciou o presidente e mais 10 pessoas no chamado escândalo dos portos.

A PF acusa o emedebista de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Os policiais entenderam que Michel Temer editou um decreto favorecendo empresas do setor de portos. Tudo em troca de dinheiro roubado.

Trata-se de um baita pepino para um presidente em seu ocaso, o mais mal avaliado da história e que está a pouco mais de dois meses de perder todos os privilégios do cargo, inclusive o foro. Pelo andar da carruagem, Temer poderá, ainda em 2019, fazer companhia para Lula da Silva como ex-presidente encarcerado.

Exceção à regra

A deputada federal Geovania de Sá (PSDB) pode ser considerada uma exceção diante da mensagem que as urnas emitiram, de renovação e mudança. Ela não só foi reeleita como praticamente dobrou a votação. Em 2014, ela obteve pouco mais de 52  mil votos, saltando agora para mais de 101 mil sufrágios.

Futuro

Atuante e com posições claras, ela foi cogitada, inclusive, para uma composição majoritária caso o PSDB tivesse lançado chapa pura ao governo. Dependendo do mandato que fizer a partir de 2019, Geovania pode se cacifar para buscar espaço estadual em 2020.

Administração

O presidente do Conselho Regional de Administração de SC, Evandro Fortunato Linhares, acompanhou o debate entre os candidatos ao Governo do Estado, nos estúdios do SBT-SC, em Florianópolis. Foi o primeiro encontro entre Comandante Moisés e Gelson Merísio, no segundo turno do pleito eleitoral. A participação se deu por um convite do presidente do SBT-SC, Roberto Amaral, ao CRA-SC.

Manifesto

Durante o debate, os candidatos receberam novamente o manifesto entregue no primeiro turno, que destaca a importância da gestão pública profissional, com a alocação de profissionais qualificados para os cargos públicos, na busca pela retomada do crescimento da economia estadual e nacional, reforçando o tema aos postulantes ao Governo.

Viralizou

O discurso do senador eleito pelo Ceará, Cid Gomes, do PDT, em uma reunião do PT de Fortaleza. O irmão de Ciro Gomes, além de chamar um outro petista de babaca, vaticinou que o partido vai perder pelos erros, e barbaridades, que insiste em negar. Gomes “lembrou” aos presentes que Lula da Silva está preso.

Troca de comando

Embora possa ser reconduzida para novo mandato à frente da Procuradoria Geral da República, Raquel Dodge deve mesmo se contentar em terminar o primeiro mandato de dois anos, que se encerra em setembro de 2019. Isso se Jair Bolsonaro for eleito presidente. Ele deixou claro que nomeará alguém que respeite as prerrogativas dos parlamentares. Em abril deste ano, Dodge denunciou o presidenciável no Supremo por suposta prática de racismo contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs.

Posts relacionados

Colombo de olho no segundo voto do MDB

Autor

Raimundo Colombo faz palestra em encontro do PSD em Fortaleza

Fabian Oliveira

Desembargador Cid Goulart Júnior toma posse como presidente do TRE-SC

Fabian Oliveira