Blog do Prisco
Manchete

Oposição se articula

O ex-deputado federal Décio Lima foi reconduzido, sexta-feira, para novo mandato à frente do PT catarinense. Permanecerá na proa partidária por mais quatro anos.

Certamente, a posse marca um novo momento da oposição em Santa Catarina e no Brasil.

Até hoje, Jair Bolsonaro não teve oposição verdadeira. Uma ou outra ação/questão pontual por parte de parlamentares do PT, do PCdoB, do PSOL, mas nada articulado, sistemático, sobretudo no Congresso Nacional.

A partir da soltura de Lula da Silva, os petistas iniciam uma reorganização visando, ainda, a eleger prefeitos e vereadores no ano que vem. Embora o ex-presidente não desfrute da popularidade que teve um dia e hoje encontre dificuldades de circulação, vivendo até situações constrangedoras em função do seu passado, o fato é que o catarinense vai pegar carona na liberdade de Lula da Silva. Além de amigos e correligionários, os dois são compadres. Décio Lima batizou Lurian da Silva, filha do ex-metalúrgico.

Estado

 O mesmo pode valer para Santa Catarina, onde Moisés da Silva também ainda não sabe o que é ter contra si uma oposição organizada. Curiosamente, até aqui foi o próprio PSL quem mais bateu de frente com o governador. Olhando-se de forma mais apurada o cenário, percebe-se que o PT está na sua versão mais light na Assembleia Legislativa. Gelson Merisio deu uma entrevista e sumiu do cenário.

Observando

 E os senadores Esperidião Amin e Jorginho Mello, embora tenham claras pretensões com vistas ao pleito de 2022, concentram-se mais em Brasília. Jorginho, aliás, vem tricotando com os apoiadores de Jair Bolsonaro, mas tem evitado caneladas explícitas no governador. Tanto lá como cá, o quadro tende a mudar com Lula da Silva organizando o barulho contra os governos da vez.

Caneta

Moisés da Silva vem usando uma das maiores armas de um governador: a caneta. Somente para o Sul, onde ele esteve novamente na quinta-feira, já foram anunciados mais de R$ 50 milhões para obras. Os deputados aliados – sobretudo de MDB, PDT e PP – não perdem uma chance de posar para fotos e discursar ao lado do mandatário.

Décio Lima e membros da nova direção do PT-SC são empossados

O Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina realizou na manhã da sexta-feira, 15, a posse do presidente Décio Lima e da nova Direção Estadual que comandarão o partido pelos próximos quatro anos.

De acordo com o presidente reeleito, o partido está vivendo um novo momento e o objetivo é continuar a luta pelo fortalecimento, protagonismo e construção do PT em todos os cantos do Estado

“Iniciamos um processo com muito otimismo para a construção da agenda que irá protagonizar a luta do povo catarinense do campo, da cidade, do movimento social e sindical, e também para construir o processo das eleições municipais 2020”, afirmou o presidente.

A nova direção tem como objetivo ampliar a base petista nos municípios em 2020 alcançando, nas eleições municipais do próximo ano, o maior número de prefeitos (as), vices, vereadores (as), e também preparar o partido para a disputa ao governo estadual em 2022.

Durante o encontro que contou com a presença de lideranças políticas, sindicais e militantes também foram realizados encaminhamentos do 7º Congresso Estadual, além da discussões sobre as eleições 2020, encontro Estadual Eleitoral, encontro dos Movimentos Sociais e uma Caravana Estadual 2020, e a vinda do ex-presidente Lula ao estado.

Posts relacionados

PSL quer tirar Sargento Lima da presidência da CPI dos Respiradores

Redação

Coronel Dionei Tonet assume como comandante-geral da PMSC

Redação

Ministro da Saúde recebe reivindicações dos hospitais filantrópicos

Redação