Blog do Prisco
Destaques

PMSC comemora 188 anos com solenidade e entrega de condecorações

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) completou 188 anos de existência nesta sexta-feira, 5. Com a presença do governador do Estado, Jorginho Mello, e do comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, em solenidade realizada na Academia de Polícia Militar da Trindade (APMT), em Florianópolis, foram entregues viaturas, assinados decretos de investimento, além de entrega de medalhas e de atos de promoções o praças e policiais ao posto subseqüente.

O primeiro ato da solenidade foi a entrega por parte do Governo do Estado de 23 novas viaturas para o patrulhamento e a manutenção da ordem pública das rodovias estaduais. O valor do investimento do Governo do Estado para a compra das viaturas foi de R$ 5.635.000,00 (cinco milhões e seiscentos e trinta e cinco mil reais), com recursos do convênio firmado entre a PMSC e a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade do Estado. O governador Jorginho Mello fez a entrega simbólica ao comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa de uma chave de uma das viaturas.

O governador Jorginho Mello aproveitou o aniversário da PMSC para autorizar o início do processo seletivo (concurso) esse ano de 2023 para ingresso de 550 novos policiais, que serão inclusos em 2024, após o processo de seleção e treinamento. Serão de 500 alunos soldados e 50 alunos oficiais. Segundo o governador, “o prosseguimento do concurso respeita a orientação de contenção de despesas (PAFISC), pois vai gerar gastos somente em 2024.”

Além disso, no ato seguinte, o governador fez o anuncio da indenização de etapa de alimentação. Atualmente a PMSC possui 1200 contratos por ano para fornecer alimentação para os policiais militares em escala de serviço operacional. “Com o intuito de desburocratizar e otimizar o emprego dos policiais envolvidos, os valos que o Estado gasta com esses contratos será repassado diretamente ao bolso do policial”, afirmou Jorginho Mello.

Segundo o comandante-geral, coronel Pelozato, isso propiciará diversas melhorias como: a redução de deslocamentos para outras cidades e a efetividade do trabalho com guarnições mais distribuídas na cidade e não em um único local. As autorizações seguirão para devida publicação.

Um momento histórico para a PMSC foi a entrega do retrato do primeiro comandante-geral da corporação, Alferes Joaquim Antonio S. Tiago. Com a presença de descendentes do homenageado, o governador Jorginho Mello e o comandante-geral, coronel Aurélio Pelozato da Rosa, fizeram o descerramento do quadro. Não havia registro da imagem do ex-comandante e, através de um sistema de pesquisa de imagem foi elaborado um quadro um retrato a partir dos rostos dos seus descendentes.

Promoções e condecorações: A comemoração dos 188 anos também aconteceu em atos nas demais unidades em todo o Estado, com as promoções totais de 198 praças e 70 oficiais. Neste ano, além das promoções, foram entregues medalhas e títulos honoríficos de amigo da PMSC.

Na carreira de oficiais, cinco tenentes-coronéis foram promovidos ao posto de coronel, ambos atingindo a última patente militar na PMSC. Na carreira de praças, 76 sargentos foram promovidos à graduação de subtenentes, um 2º sargento foi para o posto de 1° sargento, 35 foram promovidos de 3º Sargentos para o posto de 2º sargento, 70 foram para o posto de 3º sargento e quatro para cabo. Por ato de bravura, foram promovidos um policial a 2º sargento, cinco policiais ao cargo de 3º sargento e quatro a cabo.

A solenidade contou com atos de entrega da medalha do Mérito Policial Militar – coronel Lopes Vieira, entrega do título honorífico Amigo da Polícia Militar de Santa Catarina, medalhas de mérito por tempo de serviço, medalha Cruz de Bravura e Comenda Barriga Verde da Polícia Militar.

A PMSC foi criada por Feliciano Nunes Pires em 5 de maio de 1835, iniciando-se assim, uma história em favor da proteção da sociedade catarinense. Ao completar 187 anos, a corporação se mostra sempre atualizada com as demandas operacionais e administrativas, trabalhando diuturnamente na preservação da ordem e da segurança pública.

Fotos: 1º sargento RR Aurélio de Oliveira e 3º sargento RR Paulo Santana – CCS

Posts relacionados

Projeto feito por equipe de Arquitetura e Urbanismo da Univali é reconhecido em concurso nacional

Redação

Juliana Pavan defende a criação de unidade do Colégio Militar Estadual em Balneário Camboriú

Redação

Celesc abre concurso para níveis médio, técnico e superior com salários de até R$ 11,2 mil

Redação