Blog do Prisco
Destaques

PSDB: de dia governo, à noite oposição?

Estranho, para dizer o mínimo, as declarações do presidente estadual do PSDB, Marcos Vieira (foto de capa), de que o partido não estará no governo do Estado, sendo que os tucanos vão assumir duas pastas de ponta: Secretaria de Saúde (Vicente Caropreso) e de Turismo, Esporte e Cultura (Leonel Pavan). Como não vai estar na administração Raimundo Colombo? A menos que o PSDB desfilie os dois deputados estaduais, a sigla passará sim a estar oficialmente na gestão do líder lageano. O senador Paulo Bauer (foto interna) está na mesma situação, mas por uma questão programática, de posicionamento com vistas a 2018.

paulo-bauer-securitizacao

Ele disputou o Centro Administrativo contra o próprio Colombo em 2014. Mantém uma postura genuína, portanto. Mas o fato é que o PSDB estará no governo. Querer convencer a opinião pública que trata-se de uma decisão isolada e os dois parlamentares continuarem no partido, simplesmente não existe. Lembra o PMDB no governo Sarney, quando Ulysses Guimarães era o presidente da Câmara. Durante o dia, o MDB era governo. E à noite, oposição.

É brincadeira a esta altura da vida política, com a população muito mais atenta e fiscalizadora, vir com uma conversa mole dessas. Na verdade, Marcos Vieira está pressionando para que o suplente Nilson Gonçalves fique apenas dois meses na Assembleia e depois abra espaço para o terceiro suplente, o tucano de Blumenau Marco Antônio Wanrowsky, o que deve de fato acontecer. Nilson saiu do PSDB e está no PR, que não faz mais parte da atual administração estadual. O dirigente tucano também faz pressão para emplacar sua lista de nomeações na máquina estadual, que está pronta há muito tempo!

Posts relacionados

Impeachment pode começar semana que vem

Autor

Mandato por um fio!

Autor

Operação Chabu mexe no tabuleiro eleitoral de 2020 em Florianópolis

Fabian Oliveira