Blog do Prisco
Coluna do dia

Semana agitada

A semana tem movimentos políticos importantes para o país. Já nos Estados Unidos, Jair Bolsonaro será recebido pelo colega Donald Trump nesta terça-feira, na Casa Branca.

Além de buscar maior aproximação com o dirigente norte-americano, com quem tem afinidade ideológica, o presidente brasileiro assinará alguns acordos. Um deles envolve a permissão para que os americanos usem a base de lançamentos de foguetes e satélites de Alcântara, no Maranhão. Outro, permitirá que os cidadãos do Tio Sam entrem no Brasil sem necessidade de visto.

Na comitiva do presidente estão os ministros Paulo Guedes (Economia) e Sérgio Moro (Justiça), além do guru Olavo de Carvalho. Paralelamente, a equipe de Guedes deve encaminhar ao Congresso, até esta quarta-feira, o projeto de reforma previdenciária dos militares.

Significa que o projeto da Nova Previdência para os demais brasileiros pode começar a tramitar. O presidente da CCJ, por onde começa o longo caminho da proposta pela Câmara, Felipe Francischini, vai escolher o relator da matéria. Que deve sair dos quadros do DEM ou do PSL.

 

Judiciário na mira

Os ânimos em relação à CPI da Lava Toga, para investigar corrupção no Judiciário,  ganharam mais força ainda depois da vergonhosa decisão do STF, de mandar para a desestruturada Justiça Eleitoral os processos em que a roubalheira do dinheiro público tenha relação com o Caixa 2. É a senha para a volta da impunidade.

 

Panela de pressão

Na primeira tentativa de instalar a comissão, ela foi sepultada porque três senadores retiraram suas assinaturas. Agora resta saber como vão se comportar os três catarinenses. Proponente da CPI, o sergipano Alessandro Vieira, do PPS, já tem o número suficiente de apoiadores para criar e instalar o colegiado. Certamente a pressão subirá. Muito. O Judiciário está acostumado e se enxerga como “intocável.”

 

Saúde

Joares Ponticelli, prefeito de Tubarão, embarca, nesta quarta-feira, 20, para Tel Aviv, em Israel. Lá, participará da maior feira mundial de Saúde. Trata-se de um setor estratégico para a Cidade Azul. Assim como Joinville, por exemplo, tem na indústria metal-mecânica e Florianópolis no desenvolvimento de Tecnologia da Informação (TI), o município sulista está enveredando no segmento de soluções tecnológicas para a Saúde. São aplicativos e outros desenvolvimentos que visam a melhorar o nível de atendimento neste segmento tão delicado.

 

Inovação focada

Em Tubarão, o governo do Estado está construindo um Centro de Inovação. Ponticelli pretende que a unidade esteja voltada justamente para o setor de Saúde.

O prefeito vai a Israel acompanhado de empresários da região, ligados à Associação Comercial e Industrial da cidade. O secretário municipal de Saúde também acompanha a comitiva.

 

Processo de anulação

A união catarinense dos estudantes, sediada há mais de cinquenta anos na região central de Florianópolis, está enfrentando processo movido pela Procuradoria-Geral do Estado que objetiva a anulação de doação do terreno onde está estabelecida.

 

Reversão

De início, a justiça de primeiro grau deferiu pedido de reintegração de posse e determinou o esvaziamento do imóvel.

Porém, os advogados Lincoln Ricardo Simas Porto e Sophia Duarte Porto d’Ivanenko interpuseram agravo de instrumento e requereram, liminarmente, a suspensão da decisão de reintegração de posse.

O pedido foi acolhido e a união catarinense dos estudantes segue no local. A decisão foi proferida pelo Des. Ricardo Roesler.

Posts relacionados

No olimpo

leander

Presidência da Alesc

Autor

SC suspende pagamento da dívida

Autor