Blog do Prisco
Manchete

Suprema euforia!

Há uma euforia incontida entre alguns setores da magistratura nacional, entre políticos e empresários investigados ou condenados a partir da Lava Jato.

Sobretudo depois de o ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ter decidido requisitar todos os supostos dados que teriam sido roubados dos celulares de Sérgio Moro, procuradores da República e mais de 1 mil telefones de personalidades de todas as áreas do país.

O magistrado é o mesmo que lá em março determinou a instauração de inquérito para verificar fake news, críticas e ataques ao Supremo. Um absurdo total, completo. Não cabe ao STF abrir inquérito sobre o que quer que seja; e muito menos atuar como órgão de censura. Não satisfeito, Moraes quer o material dos quatro criminosos que estão presos.

Oba-oba

Neste contexto nasceu a euforia citada no começo do texto. Excitação que decorre da reação do STF e como se isso fosse definitivamente inocentar figuras condenadas por corrupção e toda sorte de maus-feitos com dinheiro público. Parece que tem gente achando que agora todo mundo será solto, que as sentenças serão anuladas e por aí vai

Como assim?

Mas o que é isso? Que euforia é essa? Se erros foram cometidos no âmbito da Lava Jato, que magistrados, procuradores e delegados sejam responsabilizados. Ponto. Isso, de maneira alguma, deve servir de pretexto para engatar a marcha à ré no combate à corrupção neste país.

Asfalto vai roncar

A seguir nessa toada, a sociedade, que respalda a Lava Jato e o minucioso trabalho para desbaratar e punir participantes de esquemas criminosos, alguns que roubaram a nação por décadas, voltará ao asfalto. Contra o STF.

Alerta

Vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, deu uma declaração forte. Sinalizou ao Supremo para que os magistrados cumpram suas responsabilidades. As Forças Armadas estão atentas. Não foi conveniente, mas ocorreu porque o cinismo de alguns magistrados ultrapassou todos os limites. O general mandou o recado.

 

Posts relacionados

Anna Carolina será a primeira mulher do PSDB a ocupar cadeira na Alesc

Redação

Peninha inicia campanha para redução da maioridade penal

Redação

Bolsonaro recebe alta!

Autor