Blog do Prisco
Notícias Últimas

Unesc é a segunda melhor empresa do terceiro setor para se trabalhar no Brasil

Nova premiação do GPTW (Great Place To Work), divulgada nesta quarta-feira, 12, na edição impressa da revista Época Negócios, destaca a Universidade como única catarinense entre as 15 melhores do país no terceiro setor (Foto: Arquivo)

Uma Universidade Comunitária engajada e disposta a mudar realidades. Assim é a Unesc, Instituição que aparece em segundo lugar no ranking das Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil na categoria Terceiro Setor. A novidade, publicada nesta quarta-feira (12/2) na edição impressa da revista Época Negócios e no site do GPTW (Great Place To Work), foi recebida com orgulho no campus, já que este é o segundo prêmio concedido pelo GPTW em parceria com a revista em menos de quatro meses.

Para a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, mais uma vez, o time é o protagonista da conquista e de todos os resultados obtidos ao longo dos últimos meses, como tantos outros prêmios. “A Unesc transforma cenários e comprova que transforma a vida das pessoas que nela trabalham. Somos um time que tem por propósito o alcance da missão institucional, na qual estão contemplados os protagonistas deste processo que são os nossos colaboradores”, enaltece.

Entre as 15 empresas destacadas pelo ranking a Universidade aparece como única catarinense, representando o Estado a nível nacional nas melhores práticas.  Em novembro de 2019 a Unesc comemorou a premiação entre as 15 melhores de Santa Catarina na categoria Médio porte pelo mesmo órgão de avaliação e agora celebra o grande destaque nacional.

Ações em prol da comunidade são determinantes para o título

Para figurar novamente entre as melhores do Brasil, a Unesc foi avaliada de forma detalhada em diversos segmentos. Foram levados em consideração, entre inúmeros outros dados, os elementos apresentados no Balanço Social 2018 da Instituição, no qual estão elencadas ações promovidas pela Universidade em prol da comunidade e sobre quais dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) cada uma delas diz respeito.

Entre as ações que ganham destaque e aparecem os selos de vários dos ODS estão o projeto Informática para a Melhor Idade, atividades voltadas à Feira da Economia Solidária, assessorias de Gestão Contábil e incentivo ao empreendedorismo, projetos voltados ao meio ambiente, além da Escola de Migrantes e do Território Paulo Freire.

Tais projetos, conforme a reitora, representam as centenas de ações realizadas diariamente na Universidade que faz jus a definição de “comunitária”. “Dentro deste campus nós mudamos realidades. Há quase 52 anos essa Instituição faz a diferença, na prática, na vida da comunidade interna e, muito além disso, ultrapassa todos os nossos portões. O que se ensina e se aprende aqui é multiplicado e faz com que as pessoas em nossa volta ganhem em conhecimento, em segurança, em qualidade de vida”, destaca.

Ao estar alinhada com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, conforme a reitora, a Universidade deixa a cada dia sua contribuição para a sociedade, fato reconhecido em mais uma premiação.

Posts relacionados

Greve do INSS em Santa Catarina atinge 80% de adesão

Autor

Dalirio quer socorro do BNDES às Santas Casas

Autor

66º ENCONTRO DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE DE SANTA CATARINA

Autor