Blog do Prisco
Coluna do dia

Aposta de Moisés

Na composição do novo diretório provisório do PSL catarinense, além de segurar um deputado federal (Fábio Schiochet) e dois estaduais (Ricardo Alba e Coronel Mocellin), há uma outra leitura obrigatório no atual cenário político sob a ótica de Moisés da Silva.

A presença do empresário Luciano Menezes, pré-candidato a prefeito de Tubarão, na condição de vice-presidente estadual sinaliza claramente que o governador está apostando alto para a eleição na Cidade Azul.

Menezes não só tem as bênçãos de Moisés como terá todo o apoio do chefe do executivo estadual. Para quem não lembra, Tubarão foi onde o governador construiu boa parte de sua carreira no Corpo de Bombeiros e também onde constituiu família. Ele tem fortíssimos laços em Tubarão e região e não quer perder o pleito ali de jeito nenhum.

Outros dois secretários de Estado, Lucas Esmeraldino (Desenvolvimento Econômico) e Diego Goulart (Articulação Nacional) também são tubaronenses. Os dois são umbilicalmente ligados e atuam em sintonia com o governador de Santa Catarina.

Cidade importante economicamente, Tubarão também deve ser protagonista estadual embora o pleito do 2020 seja municipal!

 

Fechando o ano

 

“O Brasil que queremos” será tema da reunião de encerramento do conselho deliberativo da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), nesta segunda-feira, 25, às 18h30. O senador Jorginho Mello vai expor aos associados e comunidade o panorama da atual conjuntura política de Santa Catarina e do país. A palestra é aberta ao público. No Senado Federal, o parlamentar conseguiu a aprovação do projeto da Empresa Simples de Crédito (ESC); ela desonera empréstimos para empreendedores com uma redução de juros em mais de 70% do que era praticado pelos bancos.

 

Municipalismo

 

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) aderiu nesta semana à Frente Parlamentar em Defesa dos Pequenos e Médios Municípios. O movimento é um contraponto à PEC que prevê a extinção dos municípios com menos de 5 mil habitantes e 10% de receita própria.

 

Exôdo

 

A Frente defende a qualidade de vida nas pequenas cidades. Segundo o documento de criação, há uma enorme parcela da população que decide deixar para trás o interior e buscar condições de vida nas cidades grandes. Porém, ao chegar lá, são direcionados às periferias e a realidade que encontram é a falta de emprego, filas de espera para atendimento em saúde e educação pública, violência e outras condições de exclusão.

 

Prioridades

 

Na reta final do ano legislativo, a presidência da Alesc anunciou que os Projetos de Lei (PLs) 435 e 35, de 2019, ambos de procedência do Poder Executivo, estão entre os temas prioritários na pauta de votações programada até o final do ano.

O PL 435 restitui vários benefícios fiscais de ICMS. A proposta é conhecida como PL do rescaldo, por contemplar os setores econômicos que não tiveram seus incentivos validados em propostas encaminhadas neste ano pelo Poder Executivo.

 

 

Interinidade

 

Os anúncios foram feitos pelo presidente interino da Casa, Mauro de Nadal, que assumiu o posto em função da licença de saúde do deputado Júlio Garcia.
Só que Garcia reassume nesta terça-feira o comando do Legislativo estadual. Resta saber se respaldará o encaminhamento de Mauro.

Posts relacionados

DNA corrupto

Autor

Juntando os cacos

Autor

Duas frentes na Capital

Autor