Blog do Prisco
Manchete

Collaço e Roesler: parceria que se sucede

Na magistratura desde 1987, o desembargador Ricardo Roesler, natural de São Bento do Sul, atuou por muito tempo em Joinville e vai ascendendo com consistência na magistratura estadual. Em 2018, na presidência do TRE-SC, ele comandou o processo eleitoral no estado.

Em fevereiro de 2020, assumirá seu maior desafio depois da vitória em primeiro turno na eleição deste semana que definiu a nova diretoria do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Para dar sequência à vanguardista gestão de Rodrigo Collaço, Roesler anunciou que norteará sua atuação pelo tripé informação, integração e inovação. E terá como braço direito João Henrique Blasi, advogado de longa trajetória que foi deputado estadual e secretário de Segurança Pública.

Uma curiosidade neste contexto do judiciário estadual: Ricardo Roesler foi apoiado e vai suceder Rodrigo Collaço, assim como já ocorreu alguns anos atrás quando o segundo presidia a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) e foi eleito para a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). Com a ida de Collaço para a entidade nacional, a associação estadual ficou sob o comando de Roesler, exatamente como ocorre agora no TJSC.

Posts relacionados

MEC entrega 74 ônibus escolares com recursos do FNDE à Educação de SC

Fabian Oliveira

O futuro do PSL

Fabian Oliveira

Ação do MPSC impede fechamento de emergência do hospital Ruth Cardoso

Fabian Oliveira