Blog do Prisco
Destaques

Colombo prestigia filiação de Júlio Garcia

O governador licenciado Raimundo Colombo prestigiou o ato de filiação no PSD do ex-deputado e ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Júlio Garcia, na manhã deste sábado. O encontro, realizado no Centro de Eventos Flor de Lis, em Criciúma, reuniu mais de mil pessoas, a maioria do Sul de Santa Catarina.
Em seu discurso, Colombo destacou que era um dia importante, porque valorizava a amizade, a credibilidade e o relacionamento entre as pessoas. “É muito fácil escrever sobre o valor da amizade, cantar músicas sobre o reconhecimento da qualidade de uma pessoa, mas nada é igual a alguém se deslocar, viajar e vir até o local para dar um abraço, demonstrando amizade, reconhecimento a você”, ressaltou.
Raimundo Colombo lembrou dos tempos em que ele e Júlio Garcia eram jogadores de futsal. Mais  tarde, em 1986, já na política, resolveram fazer um movimento renunciando aos seus cargos, fundaram o Partido da Frente Liberal e elegeram-se deputados estaduais. “Desde então fomos convivendo, construindo uma amizade e eu dedico ao Júlio o respeito que ele merece e pela sua coragem”, disse.
O governador licenciado afirmou que Santa Catarina e o Brasil precisam de pessoas com o talento de Júlio Garcia. “Precisamos do Júlio completo, nos liderando para apresentar, com firmeza e convicção, as suas ideias que sempre foram transformadoras”, observou.
Colombo elogiou Júlio Garcia porque este soube ao longo do tempo unir, reunir e consolidar uma relação de amizade, destacando que o Sul de SC ganha muito por contar com uma voz firme, corajosa e independente para dizer o que precisa ser dito em favor do desenvolvimento do Estado.
Sobre o cenário político nacional, Raimundo Colombo disse que é “preciso ter humildade para reconhecer que o atual modelo ruiu, envelheceu e o novo ainda não nasceu porque está para ser construído todos os dias por cada um de nós”. E advertiu: “Só existem dois jeitos de construir um processo como esse. Pela força, com um golpe que rompe com a liberdade e que nunca deu certo na história, ou pela democracia, que depende de líderes que tenham a coragem de fazer as mudanças. O que vamos escolher em 2018, sobretudo no plano federal, vai dizer que país nós seremos nos próximos anos”.
Colombo salientou, também, que o ato realizado em Criciúma mostra que “Júlio Garcia é sinônimo de respeito, confiança e de credibilidade necessários para mudar o que precisa ser modificado e para aperfeiçoar o que foi feito até agora. Santa Catarina respeita e repercute a decisão deste grande catarinense.”
O vice-prefeito de Criciúma, Ricardo Fabris, também assinou ficha de filiação no PSD.

Posts relacionados

Governo só chamará novos policiais em junho

Autor

Trama-se um golpe via Poder Judiciário

Autor

MDB-SC avança nas alianças para as eleições

Autor