Blog do Prisco
Manchete

Ricardo Roesler é o novo presidente do TJSC

Ocorreu, na manhã desta quarta-feira,  a eleição para a presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. O desembargador Ricardo Roesler (capa) conquistou 47 votos e é o novo presidente do Judiciário estadual. O desembargador Ricardo Fontes recebeu 32 votos e Altamiro de Oliveira foi votado por 11 colegas de corte. O desembargador João Henrique Blasi será o vice-presidente.

Desembargador João Henrique Blasi – fotos>TJSC, divulgação

O novo presidente é do grupo do atual comandante do TJSC, Rodrigo Collaço. Significa mais uma vitória interna do grupo. Roesler também já foi presidente da Associação dos Magistrados de Santa Catarijna (AMC) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Estavam presentes na sessão e aptos a votar 90 desembargadores. Roesler comandará o Poder Judiciário estadual no biênio 2020/2022 e sua posse acontecerá no início do mês de fevereiro, em data a ser definida.

Vencido o embate eleitoral, o presidente eleito falou em união de esforços para a conquista de objetivos comuns. Agradeceu o apoio de colegas e de sua família, que nunca lhe faltaram. Para ele, comandar o Poder Judiciário catarinense requer grande responsabilidade. “Nós temos enormes desafios, mas vamos enfrentá-los com muito diálogo junto a todos os setores da sociedade e entre os poderes”, afirmou.

Para isso, buscará soluções dentro do seu plano de gestão, que dará prioridade a três princípios básicos: informação, integração e inovação. “Há muita coisa para fazer, há muitos detalhes, uma enorme gama de serviços e desafios que a própria administração do desembargador Rodrigo Collaço determinou, porque ele também foi um divisor de águas aqui dentro desse Tribunal, com uma administração sólida e  eficiente, de vanguarda,  que reafirmou a importância do poder judiciário catarinense no cenário  nacional “, destacou.

A eleição para os demais cargos definiu o seguinte corpo diretivo: desembargador João Henrique Blasi, 1º vice-presidente (58 votos); desembargadora Soraya Nunes Lins (49 votos), corregedora-geral da Justiça; desembargador Volnei Celso Tomazini (49 votos), 2º vice-presidente; desembargador Salim Schead dos Santos (50 votos), 3º vice-presidente; e desembargador Dinart Francisco Machado (51 votos), vice-corregedor-geral da Justiça. Abaixo, currículo resumido do presidente eleito do TJSC.

Presidente – Des. Ricardo José Roesler

Natural de São Bento do Sul, começou a carreira como juiz substituto em 25 de maio de 1987. Atuou nas comarcas de Joinville, Barra Velha, Sombrio, Jaraguá do Sul e novamente Joinville, onde permaneceu por 14 anos, de 1993 a 2007.  Em novembro de 2007, foi promovido ao cargo de juiz de direito de 2º Grau. Assumiu como desembargador em junho de 2012.  Foi eleito presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) em dezembro de 2017 e assumiu o cargo em março de 2018. Comandou a última eleição presidencial. Por último, integrava a 3ª Câmara de Direito Público do TJSC.

Posts relacionados

Iniciada negociação para reajuste do Piso Salarial Estadual em 2020

Fabian Oliveira

Você está preparado para a Lei Geral de Proteção de Dados?

Fabian Oliveira

Em Minas Gerais, Moisés defende reforma da previdência e parceria entre estados do Sul e do Sudeste

Fabian Oliveira