Blog do Prisco
Manchete

Semana decisiva

A semana é decisiva para o governo Moisés da Silva no contexto do relacionamento com o Poder Legislativo. No seu primeiro teste de fogo, o atual Centro Administrativo aprovou, por unanimidade, a proposta de reforma administrativa. E nem poderia ser diferente. Eleito com estupenda votação e enorme respaldo do eleitorado Barriga-Verde, o governador recebeu carta branca dentro daquilo que propôs durante a campanha eleitoral, que era mudar a cara do estado.

Muito bem. A atual gestão entra pelo sexto mês. Normalmente, é o período que é dado aos novos mandatários depois de assumirem o poder, uma espécie de prazo de carência, de tolerância para que tomem pé da situação.

A partir de agora, a vida do Executivo estadual, notadamente no que tange na relação junto à Assembleia, tende a entrar no módulo normalidade.

Neste contexto, a Comissão de Finanças deve votar, ainda nesta terça-feira, a emenda do deputado Marcos Vieira, que derruba o corte linear de 10% nos repasses mensais do Executivo ao demais poderes – TJSC, TCE, MPSC, Alesc e Udesc – o chamado duodécimo.

A modificação apresentada por Vieira contraria os interesses do Centro Administrativo, mas deve passar na Comissão e depois irá a plenário, ainda nesta terça, ou no máximo, na quarta-feira desta semana. Oportunidade na qual o distinto público saberá o tamanho, a consistência e as caras da tal base aliada de Moisés na Assembleia Legislativa.

Posts relacionados

Plenário aprova 53 projetos no último dia de votações de 2019

Redação

Peninha inicia campanha para redução da maioridade penal

Redação

Liderança que racha!

Redação