Blog do Prisco
Destaques

Sopelsa volta a se reunir com secretário da fazenda para debater imposto de pequenos frigoríficos

O deputado estadual Moacir Sopelsa (MDB) participou de audiência com o secretário de estado da Fazenda Paulo Eli e retomou o debate em torno dos incentivos fiscais do segmento de pequenos frigoríficos. Os empresários deste setor estão com a carga tributária maior e com isso estão perdendo mercados. Desde 1º de agosto, o percentual de ICMS cobrado sobre esses produtos passou de 7% para 12%, Santa Catarina tem cerca de 250 frigoríficos.

O encontro contou com a presença de vários empresários do setor de carnes de frango e suínos que apresentaram ao secretário da fazenda as dificuldades enfrentadas. Eles esperam que carnes suínas e de aves integrem PL do Rescaldo, que ainda não foi enviado à Alesc. Sopelsa cobrou do secretário uma política fiscal para os pequenos frigoríficos para o parlamentar “é importante que as restituições fiscais venham em benefício de todos: indústria, produtores e consumidores”.

Segundo Sopelsa o secretário se comprometeu em apresentar uma nova proposta de incentivos para o setor. “Mais uma vez buscamos sensibilizar o secretário da importância que os pequenos frigoríficos significam na produção e na geração de emprego e renda em Santa Catarina”, explica. O secretário Paulo Eli, apresentou as razões do governo e confirmou que vai elaborar uma nova proposta que deve ser apresentada nos próximos dias.

“Precisamos construir uma proposta para os pequenos frigoríficos e para os outros setores que acabaram ficando sem incentivo fiscal no ICMS. A adoção de opções como o crédito presumido e a retirada da substituição tributária podem ser algumas das saídas para que estes setores não continuem tendo prejuízos”, esclarece.

Posts relacionados

Convenção do PSDB lota Sociedade da Vila em Itajaí

Autor

MPSC convida a sociedade a definir prioridades institucionais

Redação

Fim da linha

Autor